“Porque nunca jogo no Euromilhões? Porque é mais provável ter quadrigémeos”

“Porque nunca jogo no Euromilhões? Porque é mais provável ter quadrigémeos”

A velha questão das probabilidades: pares, ímpares, repetidos, Fibonacci. Se estiver interessado em padrões… esqueça. Os milhões são sempre assunto do dia. Ou, pelo menos, são assunto duas vezes por semana: quando se joga no Euromilhões, ou no Totoloto. Há quem tenha vencido um prémio de 1.35 mil milhões de euros (quanto dinheiro é isso…?) há apenas quatro dias. Não cá, mas nos EUA. Mas também há quem prefira nunca ter vencido um prémio do Euromilhões. No meio dos artigos novos, há uma conversa velha: a questão das probabilidades. Na rádio Observador o professor de Física, Carlos Fiolhais, explicou porque