Restaurador de móveis pode ter reescrito a História humana com descoberta bombástica

Restaurador de móveis pode ter reescrito a História humana com descoberta bombástica

Um restaurador de móveis e arqueólogo amador pode ter reescrito a História humana com uma descoberta bombástica sobre pinturas rupestres. Caçadores-coletores da Era do Gelo que viviam em regiões da Europa usavam pinturas rupestres para registar informações sobre a vida de animais, segundo um novo estudo. Especialistas já tinham notado marcas nessas pinturas — muitas delas feitas há até 20 mil anos — mas o significado delas nunca tinha sido identificado. Agora, graças ao trabalho de um restaurador de móveis e arqueólogo amador, Ben Bacon, descobriu-se que as marcas nos desenhos estão ligadas a ciclos de vida e reprodução de