Quatro anos e meio depois, Elon Musk vai mesmo ser julgado por fraude

Quatro anos e meio depois, Elon Musk vai mesmo ser julgado por fraude

O julgamento de Elon Musk, acusado por investidores de escrever um tweet fraudulento, tem início na próxima terça-feira, em São Francisco, depois de um juiz da Califórnia ter rejeitado um pedido dos advogados do empresário para encerrar o caso. Em agosto de 2018, Musk anunciou numa publicação no Twitter que tinha financiamento suficiente e planeava fechar o capital da empresa. A mensagem provocou uma forte oscilação no preço das ações durante alguns dias. Na altura, a Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC) acusou o fundador e presidente da Tesla de fraude, por ter “manipulado artificialmente o preço