Protestos pela morte de Mahsa Amini: 522 mortos, 70 são menores

Protestos pela morte de Mahsa Amini: 522 mortos, 70 são menores

A organização de defesa dos direitos humanos HRANA elevou para 522 o número de mortos no Irão nas manifestações desencadeadas pela morte da jovem Mahsa Amini sob custódia policial, em setembro. A Human Rights Activists News Agency, ou Agência de Notícias de Ativistas de Direitos Humanos, estima que entre os mortos existam 70 menores e 68 agentes da polícia, bem como chefes das forças de segurança iranianas. De acordo com a HRANA, estarão detidas cerca de 20.000 pessoas, incluindo 110 que correm o risco de sentenças de morte sob a lei islâmica. Foram já executadas quatro pessoas e pelo menos