Presidente da Câmara de Espinho detido pela PJ devido a suspeitas de corrupção

Presidente da Câmara de Espinho detido pela PJ devido a suspeitas de corrupção

O presidente da Câmara de Espinho, Miguel Reis, foi hoje detido pela Polícia Judiciária (PJ), no âmbito de uma investigação por diversos crimes económicos alegadamente cometidos no licenciamento de obras, disse à Lusa fonte ligada à investigação. Segundo a mesma fonte, foram ainda detidos vários empresários, alguns ligados à área da construção civil. A operação foi desencadeada durante a manhã de hoje e, pelas 12:30, ainda decorria. Miguel Reis foi eleito presidente da Câmara de Espinho, distrito de Aveiro, pelo PS nas autárquicas de 2021, com 40,23% dos votos. O arquiteto já foi vereador na câmara, vogal da Assembleia de