Partidos não querem fiscalizar governantes. “A responsabilidade é do Primeiro Ministro”

Partidos não querem fiscalizar governantes. “A responsabilidade é do Primeiro Ministro”

Para o PSD, a criação deste mecanismo seria sinónimo de “criar uma cortina de fumo” para “situações de displicência e ligeireza”.  A proposta de António Costa para a criação de um mecanismo de avaliação do percurso dos nomes que sejam propostos para membros do Governo antes destes tomarem posse não foi bem recebida pelos partidos. Apesar das poucas informações sobre o funcionamento do circuito, que Mariana Vieira da Silva garantiu, mais tarde, ser “externo ao Governo” e “formal“, os partidos parecem não estar convencidos. Enquanto o PSD, a Iniciativa Liberal, PCP e Bloco de Esquerda se posicionam contra a proposta,