MP abre inquérito a indemnização de Alexandra Reis

MP abre inquérito a indemnização de Alexandra Reis

O Ministério Público (MP) abriu um inquérito para apurar a legalidade da indemnização de 500 mil euros que a TAP pagou à agora ex-secretária de Estado do Tesouro, Alexandra Reis, quando saiu da empresa em fevereiro por “renúncia do cargo”. Em resposta ao Expresso, órgão que avançou a notícia, o gabinete da Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou a instauração de inquérito, indicando que o mesmo se encontra “sujeito a segredo de justiça”. Não foram prestadas informações se Alexandra Reis foi ou não constituída arguida nem que crimes podem estar a ser alvo de investigação. Na passada terça-feira, Alexandra Reis demitiu-se