Há mais de 1500 pessoas à espera de vaga nos cuidados continuados

Há mais de 1500 pessoas à espera de vaga nos cuidados continuados

A 31 de dezembro de 2022 havia 1562 utentes a aguardar vaga nos cuidados continuados, mais 252 pessoas do que no ano anterior. Devido ao envelhecimento da população, a procura dos serviços que compõem a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) é cada vez maior. Num relatório divulgado em outubro, citado pelo Público, a Entidade Reguladora da Saúde (ERS) informou que, mesmo com o crescimento da oferta na rede, o que existe não chega para satisfazer as necessidades. Citando os dados divulgados pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), a ERS referiu que a 31 de dezembro de