Há luzes fantasmagóricas a iluminar o Universo desde o seu início

Há luzes fantasmagóricas a iluminar o Universo desde o seu início

O Telescópio Espacial Hubble olhou para 10 aglomerados de galáxias, com a luz a viajar durante 10 mil milhões de anos. As observações revelaram que a luz fraca e difusa das estrelas solitárias brilhava no espaço intra-industrial no início do Universo. Apesar de ser constantemente vigiado e observado, há aspetos do Espaço que teimam em escapar aos cientistas. Isto porque há muito mais lá fora no espaço do que imediatamente se vê. Nos abismos escassos que bocejam entre as galáxias gravemente ligadas em enormes aglomerados, estrelas solitárias vagueiam sozinhas, como a rōnin cósmica, deslocadas e sem constrangimentos. Não sabemos de