Descoberta nova forma de carbono: “poroso ordenado de longo alcance”

Descoberta nova forma de carbono: “poroso ordenado de longo alcance”

Investigadores asiáticos utilizaram um potente agente de transferência de electrões (α-Li3N) para formar um novo tipo de carbono, começando com o fulereno cristalino. Grafite, diamante. Grafeno ou fulerenos, em formas mais alotrópicas. Estes são os tipos de carbono mais conhecidos e mais utilizados. A comunidade científica tem andado a perseguir um outro tipo de carbono, hibridizado sp2, com uma curvatura negativa: o “schwarzite“. Na teoria existe, na prática anda-se à procura. O carbono pode ser moldado em alguns dos poros periódicos de certos zeólitos, através de deposição de vapor; mas o modelo é incompleto porque alguns poros são muito estreitos.