Crimes de Sócrates na “Operação Marquês” estão perto de prescrever

Crimes de Sócrates na “Operação Marquês” estão perto de prescrever

José Sócrates pode ver parte do rol de crimes que é acusado no âmbito da “Operação Marquês” prescrever em breve. Só agora, quase dois anos depois da decisão instrutória do megaprocesso, é que o recurso do Ministério Público (MP) vai subir ao Tribunal da Relação de Lisboa. Os crimes de falsificação de documento imputados a José Sócrates prescrevem em 2024, escreve o Correio da Manhã. Advogados do processo, contactados pelo jornal, admitem que é praticamente impossível que haja julgamento e sentença antes desta data. Dificilmente isto acontecerá dentro de um ano, avisam. Os procuradores recorreram da decisão do juiz Ivo