Celebridades vitimas de covid-19. China já não consegue esconder mortes

Celebridades vitimas de covid-19. China já não consegue esconder mortes

O número crescente de figuras públicas cujas mortes foram anunciadas nos últimos dias na China tem levado a população a questionar o número oficial de mortes por covid-19 contabilizado pelo governo. A morte em dezembro da cantora de ópera Chu Lanlan, de 40 anos, foi um choque para muitos, tendo em consideração o quão jovem era. A família da artista declarou estar triste com a “partida abrupta”, mas não deu detalhes sobre a causa da morte. Em dezembro, a China abandonou a sua rígida política de “Covid zero” e está atualmente a sofrer um rápido aumento de infeções e mortes.