Brigitte Macron apoia uniformes escolares obrigatórios — uma polémica com pano para mangas

Brigitte Macron apoia uniformes escolares obrigatórios — uma polémica com pano para mangas

Maioria dos partidos políticos opõem-se à medida, preferindo investir na escola pública, de forma a diminuir as desigualdades no acesso à educação. É um tema polémico e que em França ganha especial dimensão pela multiculturalidade que ali existe. O uso de uniformes escolares não é consensual e Brigitte Macron, primeira-dama francesa, foi a última figura de peso a dar o parecer, mostrando-se favorável à obrigatoriedade, numa altura em que a extrema-direita quer levar o tema ao parlamento e decretar um código de vestuário mandatório a nível nacional. Para contextualizar, os uniformes nunca foram obrigatórios em França, e o responsável pela