‘Bolsonaristas’ roubaram armas do palácio presidencial. Petrobras na mira de invasores

‘Bolsonaristas’ roubaram armas do palácio presidencial. Petrobras na mira de invasores

Um ministro e um deputado brasileiros denunciaram que apoiantes do ex-Presidente Jair Bolsonaro roubaram armas de fogo, guardadas no palácio presidencial em Brasília, aquando da invasão, no domingo, das sedes dos três poderes do país. O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência brasileira, Paulo Pimenta, mostrou dois estojos de armas de fogo vazios, em cima de um sofá parcialmente queimado no Palácio do Planalto, de acordo com um vídeo e fotografias divulgadas no Twitter. O deputado Wadih Damous, que acompanhou Paulo Pimenta, sublinhou que os assaltantes “tinham informações” sobre o que estava guardado no Gabinete de Segurança Institucional