Às acusações de “esgotamento” e “partidarismo”, Costa respondeu com garantias de “estabilidade” no Governo

Às acusações de “esgotamento” e “partidarismo”, Costa respondeu com garantias de “estabilidade” no Governo

António Costa garantiu que a permanência de Fernando Medina no Governo não está em risco, por entender que o ministro das Finanças “fez o que devia fazer”. Após o anúncio das nomeações de João Galamba e Marina Gonçalves para titulares das pastas das Infraestruturas e da Habitação, respetivamente, António Costa apresento-se aos jornalistas, em conferência de imprensa, para defender as suas escolhas, justificando-as com o garante de “estabilidade” que pautou o Governo nos últimos anos — e que entende ser especialmente importante nos tempos que se aproximam. “Em todos esses momentos muito difíceis foi sempre possível ultrapassar as dificuldades e