“Areia para os olhos das pessoas”. Governo quer vincular professores após três contratos

“Areia para os olhos das pessoas”. Governo quer vincular professores após três contratos

O Governo quer vincular professores após três contratos. O secretário-geral da Fenprof diz que não passa de “areia para os olhos das pessoas”. Uma greve de professores que se vai prolongar durante 18 dias arranca esta segunda-feira e realiza-se por distritos, começando em Lisboa, para onde está marcada uma concentração na Praça do Rossio. A greve foi convocada por uma plataforma de oito organizações sindicais: Fenprof, a ASPL, a Pró-Ordem, o SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE e SPLIU. Depois do primeiro dia em Lisboa, a paralisação prossegue em Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Portalegre, Santarém,