• Tesla Model 3 com 160 mil km sem degradação da bateria

    27 Setembro 2020 >/>O receio com a longevidade das baterias é uma das preocupações mais comuns nos automóveis eléctricos, mas nos Tesla esse receio tem sido infundado, com um Model 3 com 160 mil quilómetros a demonstrá-lo.>Os Model S e Model X já estão no mercado há muitos anos e já mostraram a longevidade das suas baterias; mas no caso do Model 3, mais recente, ainda não são muitos os carros com quilometragem mais avançadas. Há cerca de um ano tínhamos tido boas indicações com um >Model 3 com 80 mil quilómetros e sem degradação da bateria; e agora temos um que já conta com >160 mil quilómetros acumulados em dois anos.A degradação da bateria é de apenas 5%, sendo necessário ter em conta que esta quilometragem será algo que, para a maioria dos condutores, corresponderá a 6 anos de utilização. O custo em electricidade foi de cerca de 2580 euros - o que representa uma poupança considerável face a qualquer veículo a combustão: a uma média de 5l/100km, seriam 10 mil euros em gasóleo, e 11600 euros em gasolina aos preços actuais (€1.26 / €1.45 respectivamente) - valores que subirão proporcionalmente em caso de médias mais "pesadas".>/>Para além dos pneus, houve alguns problemas que foram resolvidos pela Tesla sob garantia incluindo uma janela que fazia barulho, e o encosto de cabeça do condutor que ficou "gasto". Sendo que também este Model 3 sofreu de um problema que vai atormentando vários modelos de diversos fabricantes: ficar com cheiro a mofo no sistema de ar condicionado (que a Tesla diz já ter minimizado através de uma actualização para melhorar a circulação de ar no circuito).>/>O processo de >troca do filtro de ar da cabina / ar condicionado é trabalhoso, mas ao alcance de praticamente qualquer pessoa que prefira poupar uma centena de euros (os filtros podem ser >comprados por 30 euros).... Mas no que diz respeito às baterias, até ao momento não há motivos para ficar preocupado. Resta comprovar se com as >novas células de maior dimensão, se manterá esta longevidade. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Tesla Model Y ganha opção para aceleração mais rápida

    27 Setembro 2020 >/>Os fãs dos Model Y que quiserem aproximar-se das prestações do modelo Performance mas sem pagarem os 10 mil dólares adicionais, poderão optar pela opção Acceleration Boost de 2 mil dólares para acelerações mais poderosas.>Tal como acontece com o Model 3, também o Model Y Dual Motor "normal" tem capacidades de aceleração bastante mais poderosas do que as que disponibiliza aos condutores. Capacidades que podiam ser desbloqueadas por alguns alguns hackers, e que a Tesla eventualmente passou a disponibilizar de forma oficial através de uma opção paga.>/>No caso do Model Y, o Acceleration Boost custa 2 mil dólares, e reduz o tempo da aceleração dos 0 aos 100 km/h dos 4.8s para os 4.3s. Um valor que ainda fica distante dos 3.5s anunciados para o Model Y Performance, mas que a Tesla considera que será adequada por custar apenas 2 mil dólares em vez de 10 mil dólares (no entanto, incluindo rodas diferentes, suspensão rebaixada, e travões com melhor desempenho).Infelizmente, no sector automóvel já é costume este tipo de práticas; sendo que também nos carros a combustão não faltam condutores que recorrem a reprogramações dos sistemas de controlo de motor para terem maior potência / binário.>/>Em Portugal esta opção poderá ser menos atractiva, já que o Model Y LR AWD custa 65 mil euros, e a versão Performance custa 71 mil euros. No entanto, continuamos ainda sem datas concretas para o Model Y no nosso país, continuando a ser indicado apenas que se espera que a produção na Europa arranque no início de 2021. (E continuo a não perceber como é que um carro de 65 mil euros não traz chapeleira para esconder o que se colocar na mala!) >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Lucid Air consegue ser ainda mais rápido que o potente Tesla Model S Plaid (vídeo)

    26 Setembro 2020 Elon Musk revelou esta semana o seu mais recente carro topo de gama, o Model S Plaid. Um dos pormenores que deliciou os fãs foi a promessa de que este elétrico conseguiria percorrer 400 metros em menos de 9.9 segundos. Após a arrojada promessa, a Lucid Motors não demorou muito tempo até virar todas as atenções para o seu novo carro. Numa publicação no Twitter, a construtora mostrou o seu Lucid Air a fazer bem melhor que o prometido para o novo Model S Plaid. Performance testing of the #LucidAir platform continues. As we push Lucid's in-house developed EV powertrain tech to new heights, today we share our latest work-in-progress: A 9.245 second 1/4 mile @ 157.26 mph. Stay tuned for more. pic.twitter.com/7OQQodTjuk — Lucid Motors (@LucidMotors) 24 de setembro de 2020 Lucid Air fez 400 metros em apenas 9.2 segundos Num pequeno vídeo, a Lucid Motors mostra ao mundo como o seu novo elétrico conseguiu percorrer 400 metros em apenas 9.245 segundos. Um tempo bastante abaixo do prometido por Elon Musk para o seu Tesla Model S Plaid. Este vídeo não surge agora por mero acaso. Depois de todo o impacto que a revelação do Model S Plaid teve no mercado dos automóveis elétricos, a Lucid quis garantir que ninguém se esquecia do seu Air e promete mais novidades para breve. Vale notar que o protótipo que alcançou este recorde possui um motor triplo e ainda não está totalmente construído. Ou seja, embora todas as partes importantes estejam presentes, o Lucid Air que vemos no vídeo ainda não conta com todo o seu interior. Isto faz com que o veículo em causa seja mais leve e, consequentemente, mais rápido a atingir a sua velocidade máxima. Por isso, será importante aferir se um modelo totalmente desenvolvido continuará a ser mais rápido que o poderoso Tesla Model S Plaid. Principais características do Lucid Air Autonomia de até 832 km EPA Potência equivalente a 1080 cavalos Dos 0 aos 100 em apenas 2.5 segundos Velocidade máxima acima dos 320 km/h A Lucid Motors não poupou no desenvolvimento do seu elétrico, fazendo do Air um dos carros mais potentes do mercado. Os números que a construtora avançou são impressionantes e quebram vários recordes estabelecidos anteriormente pela Tesla. Quanto a preços, o Lucid Air começará nos 80 mil dólares, o que também atesta bem o segmento de mercado em que o veículo se insere. A marca promete colocar os primeiros exemplares nas estradas na primavera de 2021. Editores 4gnews recomendam: Tesla Model S Plaid vaporizou recorde do McLaren P1 na pista de Laguna Seca! (vídeo) Tesla vai esmagar a concorrência com carro elétrico de 25 mil dólares! Volkswagen ID.3. Carro elétrico foi enxovalhado pela imprensa alemã 4gnews »

  • Tesla Model S Plaid vaporizou recorde do McLaren P1 na pista de Laguna Seca! (vídeo)

    24 Setembro 2020 Durante o mais recente evento da fabricante, Elon Musk finalmente lançou oficialmente o tão falado Tesla Model S Plaid, o novo topo de gama da fabricante de carros elétricos. O CEO da Tesla aproveitou para salientar que o Model S Plaid é o exemplo perfeito do que será possível alcançar com as suas novas baterias, tanto em termos de performance como de autonomia. Na apresentação, foram revelados detalhes de performance do Tesla Model S Plaid que deixaram os fãs deliciados: Aceleração dos 0-100km/h em menos de 2 segundos Quarter mile (400m) em menos de 9 segundos Tesla Model S Plaid volta a reclamar o título de "Rei de Laguna Seca" em vídeo alucinante Já há algum tempo que as fabricantes recorrem a testes nas mais populares pistas de corrida para levar as capacidades dos seus carros ao limite. Recentemente vimos o Lucid Air bater de forma irrefutável o anterior tempo do protótipo do Model S Plaid, perfazendo uma volta completa em apenas 1:33 minutos. Agora, depois da apresentação oficial do Tesla Model S Plaid, o reconhecido piloto de alta competição Sebastian Vittel publicou um vídeo da sua volta mais rápida na pista de Laguna Seca ao volante do Model S Plaid. Nesta volta, Vittel consegue o incrível tempo de 1:30.3 minutos, reconquistando assim o título. Tesla MODEL S PLAID 1100HP record lap Laguna SECA! Esta volta incrivelmente rápida foi suficiente não só para conquistar o título de carro elétrico mais rápido, mas também para bater os tempos de alguns carros de alta competição como por exemplo o McLaren P1. Com este tempo, o Tesla Model S Plaid consegue mesmo colocar-se lado a lado com alguns super carros que custam mais de 1 milhão de euros, como por exemplo o Porsche 918 Spyder (1:29.89) e o McLaren Senna (1:27.62). Obviamente, com este tipo de resultado, não demorou muito para que começassem a ser alvos de críticas. Muitos utilizadores acusaram a Tesla de "limpar" o carro de todos os essenciais para que ficasse mais leve e também de utilizar pneus de alto-rendimento. No entanto, Sebastian Vittel rapidamente afirmou que apenas substituíram o banco do carro para a sua própria segurança e revelou que os pneus usados são que os estarão presentes no modelo vendido ao público. Elon Musk foi ainda mais longe, afirmando que acredita ser possível "comer" mais 3 segundos a este tempo com futuros ajustes e melhorias no carro, ambicionando tornar-se no carro de produção mais rápido de sempre. Relembro que o Tesla Model S Plaid chegará ao mercado com um preço de sensivelmente 120 mil euros. Editores 4gnews recomendam: Tesla Cyberquad faz aparição em evento e deixa os fãs a sonhar! Tesla vai esmagar a concorrência com carro elétrico de 25 mil dólares! Tesla Autopilot. Condutor apanhado pela polícia a dormir em plena autoestrada! 4gnews »

  • Tesla promete Model S com 1100 CV e 838 km de autonomia

    23 Setembro 2020 Foi durante o "Dia da Bateria", realizado esta terça-feira, que Elon Musk revelou o novo Model S Plaid com 1100 CV que já pode ser encomendado em Portugal desde os 140.990 euros. Chegará aos clientes no final de 2021. Automonitor »

  • Tesla apresenta Model S Plaid com autonomia para 840 km

    23 Setembro 2020 >/>A Tesla revelou as suas >novas baterias e promete um carro mais económico para os próximos anos, mas também tem um novo Model S Plaid para quem não se importar de gastar dinheiro.>Ainda não tivemos direito a um Tesla Model S com design renovado, com a Tesla a optar por manter o Model S apenas com alguns retoques - longe das alterações que tinha feito nos protótipos com que andou no Nurburgring e outros circuitos.O Tesla Model S Plaid vem com três motores, e tem como objectivo manter a Tesla no topo dos carros eléctricos de alto-desempenho, parecendo ter sido feito à medida para ficar à frente do >Lucid Air. Para isso conta com argumentos de peso: aceleração dos 0 aos 100 km/h em menos de 2 segundos e quarter-mile em menos de 9 segundos, tornando-o no mais rápido de qualquer carro de produção. A velocidade máxima é de 320 km/h, e a autonomia anunciada é superior a 840 km.>Quem estiver interessado também já saberá qual o preço deste brinquedo, que já aparece no site da Tesla para quem o quiser encomendar: 140.999 euros, aos quais será preciso adicionar mais 7.500 euros pelo modo Full Self Driving.No entanto, não há como não ficar com a sensação de que este anúncio teve apenas como intuito dar resposta à Lucid, já que este Model S Plaid só irá ficar disponível para o final de 2021. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Tesla vai poupar as baterias de 12V

    20 Setembro 2020 >/>As baterias de 12V parecem ser um dos pontos fracos dos Tesla, mas Elon Musk promete uma actualização que poderá resolver o problema.>A Tesla pode estar associada a carros eléctricos com >autonomia livre de preocupações, mas há uma bateria que continua a ser uma grande dor de cabeça para os seus possuidores: a bateria convencional de 12V. Embora os Tesla tenham uma gigantesca bateria que lhes permite percorrer centenas de quilómetros, têm também uma bateria tradicional de 12V como os carros a combustão. Mas, ao contrário destes, as baterias de 12V nos Tesla parecem perder capacidade a ritmo bastante mais acelerado do que nos outros carros.Couldn’t agree more — major software improvements are already in place to extend its life & more coming— Elon Musk (@elonmusk) >September 15, 2020A bateria de 12V é utilizada para alimentar os vidros eléctricos, iluminação, sistema multimedia, etc. mas há muito que se fala da possibilidade de isso passar a ser feito também a partir da bateria que alimenta os motores do veículo. No entanto, por agora Elon Musk limita-se a dizer que as alterações fica actualização de software irão permitir prolongar a longevidade da bateria, o que será a notícia que os condutores dos Tesla desejam com maior urgência. Provavelmente com ajustes à forma como é gerida a carga e descarga, já que chegar a níveis reduzidos de carga pode degradar significativamente estas baterias.Com a Tesla a apresentar as >novidades de baterias já nos próximos dias, veremos se faz referência a esta situação de poder dispensar as baterias de 12V convencionais. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

Títulos da Imprensa nas últimas 24h: