• Redmi 9: bom smartphone Xiaomi a preço incrível na Amazon

    27 Fevereiro 2021 A Xiaomi tem um dos maiores portefólios de smartphones atualmente disponíveis no mercado, com boas opções económicas como é o caso do Redmi 9. A quem procura um smartphone Xiaomi competente para redes sociais, comunicações e uso comum. Face ao preço recomendado de venda ao público de 149,00 € na Amazon, o telefone Xiaomi custa agora 118,99 € na Amazon de Espanha com envio grátis para Portugal. É um desconto de 20% que nos permite poupar 30,01 € na compra do telemóvel. O telefone Xiaomi está em promoção na Amazon O Redmi 9 da Xiaomi está disponível em vários esquemas de cor. Encontra o telefone Xiaomi em promoção na Amazon É dotado de uma grande bateria de 5020 mAh para grande autonomia e disponível em diversos esquemas de cor. Atualmente é um dos telefones Xiaomi mais baratos, sobretudo agora que está em promoção na loja online mais popular do mundo, a Amazon. O telefone tem um grande ecrã OLED com resolução Full-HD+, bom para ver vídeos no YouTube, navegar nas redes sociais e também para jogar. Podemos tirar partido da câmara traseira quádrupla, ou da câmara frontal de 8 MP neste Xiaomi Redmi 9. O telefone é um dos mais vendidos na Amazon com boas razões para tal. A quem procura um smartphone acessível com algumas caraterísticas avançadas, ainda que já tenha alguma idade no mercado, o Redmi 9 continua a dar boa resposta em 2021. O smartphone Xiaomi foi apresentado em junho de 2020. Especificações do Xiaomi Redmi 9 Ecrã de 6,5 polegadas Full HD+ com notch em formato de gota - IPS LCD Processador Helio G80 da MediaTek Memória RAM de 3 GB Armazenamento interno de 32 GB Câmara traseira: 13 MP sensor principal + 8 MP ultra-angular + 5 MP macro + 2 MP sensor de profundidade Câmara frontal de 8 MP Bateria com 5020 mAh de capacidade Carregamento rápido até 18W com carregador de 10W incluído na caixa USB-C, NFC, Infravermelhos e sensor biométrico na traseira Cores: Sunset Purple, Ocean Green e Carbon Gray Compra com segurança na Amazon e recebe a encomenda em Portugal Aproveita os portes de envio grátis para Portugal. O processo de compra nesta loja online é simples e seguro, ao passo que o envio das encomendas tende a ser rápido e gratuito em compras a partir de 29 €, ou a partir de 19 € na compra de livros. A Xiaomi tem alguns dos melhores smartphones do mercado, tendo um telemóvel para cada tipo de utilizador. Note-se também que a gestão da encomenda é feita pela própria Amazon, pelo que estás seguro e precavido contra qualquer imprevisto. Os preços listados são os constantes na plataforma de vendas online à data de redação deste artigo, sendo suscetíveis a alterações por parte do vendedor, utilizando-se links afiliados. Boas compras. Editores 4gnews recomendam: WhatsApp: a novidade que muda a forma como podes partilhar vídeos Bill Gates explica porque é que usa Android na app exclusiva para iPhone Samsung Galaxy S21 tem característica exclusiva da Google na One UI 3.1 4gnews »

  • BOE é a maior fabricante de ecrãs de smartphones a nível global

    27 Fevereiro 2021 >A fabricante chinesa de ecrãs ??BOE?? é segundo esta pesquisa de mercado a fabricante de ecrãs nº1 do mundo com 408 milhões de unidades enviadas durante este período. >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Bruno Xarope Android Geek »

  • Pokémon faz 25 anos: celebra com 5 jogos grátis para Android e iPhone

    27 Fevereiro 2021 O tempo passa a correr. Ainda ontem era uma criança nascida nos anos 90 que jogava Pokémon Red no Game Boy, e passaram-se já 25 anos. Este sábado, 27 de fevereiro, marcam-se as "bodas de prata" do lançamento dos jogos Pokémon Red e Green no Japão. Se inicialmente conhecemos uma zona de Kanto com 151 Pokémon, hoje são mais de 800 as espécies conhecidas. O objetivo continua a ser apanhá-los todos, e hoje trazemos-te uma seleção de cinco jogos grátis para matares saudades no teu smartphone Android ou no iPhone com iOS. Pokémon GO Volvidos quase cinco anos após o seu lançamento pela Niantic, o Pokémon GO junta-te a treinadores de todo o mundo para os "apanhares todos" enquanto exploras o mundo ao teu redor. Já foi descarregado mais de mil milhões de vezes, e ainda tem uma comunidade muito ativa. Android - iOS Discover Pokémon in the Real World with Pokémon GO! Pokémon Masters EX Este é um título que te coloca na ilha de Pasio. Ali os Pokémon e os seus treinadores partilham algo especial. O objetivo é embarcares numa aventuras com o teu parceiro (buddy), e derrotar treinadores e fazer amigos. Android - iOS Pokémon Masters | Trailer Pokémon Café Mix O jogador é o dono de um café com a Eevee, que serve deliciosas recompensas aos Pokémon. Trata-se de um jogo do tipo puzzle, onde tens de completar os vários quebra-cabeças. Android - iOS Pokemon Cafe Mix - Official Trailer Pokémon Quest Este é um jogo do tipo RPG que conta com Pokémon em forma de cubos. Vais aterrar na ilha de Tumblecube, com o objetivo de encontrar objetos escondidos. Android - iOS New Adventures Await in Pokémon Quest! Pokémon: Magikarp Jump Agora podes criar e dar tudo pela mítica Magikarp. Este é um jogo de Pokémon inteiramente dedicado ao "Pokémon mais fraco de sempre". Android - iOS Pokemon Magikarp Jump Official Trailer Editores 4gnews recomendam: PS5: expandir o armazenamento SSD será possível ainda em 2021 Oficial: pandemia obriga EA a cancelar reformulação de Anthem Cyberpunk 2077: ataque ransomware adia segundo grande patch 4gnews »

  • Deep Nostalgia dá vida às fotos de família

    27 Fevereiro 2021 >/>Os álbuns de família podem ganhar vida com o Deep Nostalgia do MyHeritage, que anima os rostos das fotos estáticas.>O site de genealogia MyHeritage lançou um novo serviço chamado >Deep Nostalgia, que aplica a tecnologia deepfake às fotos de família, para transformar os rostos estáticos das memórias fotográficas em rostos animados que parecem ter vida.O efeito recria as "live fotos" da actualidade, que em vez de se limitarem a captar uma foto captam vários segundos antes e depois do momento da foto, e seguramente terão um factor novidade que irá atrair bastantes interessados. >/> Quem se registar no site tem direito a dar vida a 5 fotos gratuitamente, e a partir daí sendo necessário optar por uma subscrição. Mas imagino que será uma questão de tempo até que este tipo de efeito acabe por começar a ser disponibilizado por ferramentas gratuitas, tal como acontece com os deepfakes e muitos outros efeitos. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • OPPO F19 Pro+ 5G vai estrear com Dimensity 1200 e ecrã de 90Hz

    27 Fevereiro 2021 >Esta série também deverá incluir um modelo standard chamado ??OPPO F19??. >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Bruno Xarope Android Geek »

  • Sabia que os smartphones Android podem monitorizar o sono?

    27 Fevereiro 2021 >Não estamos a falar apenas de elementos como a câmara ou o microfone, mas a outros muito mais invisíveis, como o acelerómetro, o sensor de brilho de ecrã do smartphone, a bússola ... >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Joao Bonell Android Geek »

  • Fisker abandona baterias de estado sólido

    27 Fevereiro 2021 >/>As prometidas baterias de estado sólido sofrem um revés, com a Fisker a revelar que abandonou as intenções de as utilizar por ainda estarem longe de estar prontas para uso comercial.>As baterias de estado sólido têm sido apontadas como o próximo grande salto evolutivo face às baterias tradicionais de lítio, proporcionando maior densidade energética, maior robustez e, não menos importante, anulando qualquer risco de explosão. Muitas têm sido as empresas que têm prometido que estas baterias estão "iminentes", mas a Fisker traz-nos uma dose de realismo sob a forma de más notícias. Apesar de também ter estado a trabalhar nestas baterias, a empresa diz que >desistiu por completo das baterias de estado sólido, por agora.A Fisker dá como exemplo das dificuldades o cenário de, depois de se terem desenvolvido as baterias a 90%, os restantes 10% que são necessários para as tornar viáveis acabarem por ser mais complexos e morosos que os 90% já feitos até então. Por isso, desiste das esperanças de usar este tipo de baterias a curto prazo, e estimando que se estejam a sete ou mais anos de distância até que baterias de estado sólido estejam prontas para uso comercial em larga escala.São más notícias para quem esperava a tal revolução das baterias, mas isso não invalida que sejam exploradas outras opções. Por exemplo, a Tesla tem estado a pensar expandir a utilização de >baterias LFP nos modelos mais económicos, que dispensam a utilização de elementos raros como o cobalto. Com toda a indústria automóvel a virar-se para os automóveis eléctricos, é também garantido que os recursos dedicados à investigação e desenvolvimento de baterias vá aumentar exponencialmente nos próximos anos, e isso melhora imensamente a probabilidade de tal "revolução" poder acontecer mais cedo do que se pensa. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Xiaomi Redmi Note 9T: agarra o smartphone em promoção

    27 Fevereiro 2021 Escolher um smartphone não é fácil. E quando orçamento é apertado, torna-se ainda mais difícil tomar uma decisão. Mas se pretendes comprar um telemóvel e tens 200 € para gastar, o recém-lançado Redmi Note 9T da subsidiária da Xiaomi pode ser a escolha certa para ti. O smartphone encontra-se agora em promoção na Amazon de Espanha, com desconto de 20%. Isto significa que o podes adquiri-lo pelo valor promocional de 199 €, sendo que o seu preço base é de 249 €. Por esse valor, é um equipamento a ter em atenção. Trata-se de um equipamento destinado ao segmento de gama-média. Traz consigo as características mais importantes no segmento, como bom desempenho, bateria, NFC ou altifalantes estéreo. Como bónus ainda vem com 5G (disponível em Dual SIM). Sabe mais sobre preços e envios do Xiaomi Redmi Note 9T Esta versão do smartphone vem com 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno. É comandado pelo processador MediaTek Dimensity 800U, muito elogiado pelo seu desempenho. O ecrã de 6.53” polegadas é Full HD+ e dispõe ainda de taxa de atualização de 90Hz para maior fluidez. No que diz respeito a autonomia, a Xiaomi garante que não vais ficar desiludido. São 5000mAh de “sumo” que podem ser carregados a 22,5W. Ouvir música ou ver uma boa série será uma experiência de qualidade graças à qualidade sonora providenciada pelas suas colunas. Características principais do Xiaomi Redmi Note 9T Ecrã LCD de 6.53” polegadas com uma resolução Full HD+ e punch hole à esquerda Taxa de atualização de 90Hz e brilho máximo de 450 nits Processador MediaTek Dimensity 800U com suporte para redes 5G 4GB de RAM 64GB de armazenamento interno Tripla câmara traseira: 48MP + 2MP (profundidade) + 2MP (macro) Câmara frontal de 13 megapixels Leitor de impressão digital lateral Bateria de 5000mAh com suporte para carregamento rápido a 22,5W NFC Dual SIM Altifalantes estéreo Android 10, MIUI 12 É importante referir que ao comprares este smartphone na Amazon de Espanha, tens acesso a envio grátis e seguro para Portugal. Se tiveres dúvidas de como comprar na plataforma, podes seguir o nosso guia. Os preços listados são os existentes na plataforma de vendas online à data de redação deste artigo, sendo suscetíveis a alterações por parte do vendedor, utilizando-se links afiliados. Sabe mais sobre preços e envios do Xiaomi Redmi Note 9T Editores 4gnews recomendam: Xiaomi Mi Band 6: WhatsApp e Telegram terão suporte único Versão global do Redmi K40 pode chegar pela mão da POCO Xiaomi aterra nos Açores. Nova Mi Store será em Ponta Delgada 4gnews »

  • Este é o novo smartphone ultrarresistente da Samsung

    27 Fevereiro 2021 >No caso da sul-coreana, essa família é chamada Galaxy XCover. >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Joao Bonell Android Geek »

  • Baixar expectativas

    27 Fevereiro 2021 Exigir menos de si e dos outros pode melhorar as coisas. Correio da Manhã »

  • Covid-19. Mortalidade prematura custou mais de 25 mil anos de vida em Portugal

    26 Fevereiro 2021 Os números indicam que Portugal teve a taxa de anos de vida perdidos mais alta em 2020, seguido de Alemanha, França e Reino Unido. No entanto, Reino Unido, Espanha e Itália apresentam as mais altas taxas de anos de vida perdidos por 10 mil habitantes, exclusivamente por causa da Covid-19. Renascença »

  • Evolução do Android TV permitirá descomplicar a tua televisão

    26 Fevereiro 2021 O futuro das televisões inteligentes com Android TV parece ter os dias contados. O futuro passará pela implementação do Google TV em todos os dispositivos compatíveis e com a introdução de novas funcionalidades. A mais recente descoberta feita pelo pessoal do 9to5 Google aponta para a inclusão de um modo que desativará todas as funcionalidades smart da tua televisão. Ou seja, o Google TV deverá implementar a opção "TV burra". Google TV oferecerá a possibilidade de desativar as funções inteligentes da televisão As pistas foram encontradas na versão de testes do Android 12 disponibilizada há poucos dias. Aí, os elementos da publicação 9to5 Google depararam-se com um novo modo para as televisões inteligentes com o software da Google. De acordo com esta fonte, os utilizadores serão questionados sobre o modo que preferem usar na sua televisão. As escolhas recairão sobre o Google TV ou televisão básica. Ao optar pela última, o utilizador dispensará todas as funcionalidades que nos permitem classificar uma televisão como inteligente. Ou seja, funcionalidades como instalação de aplicações, Google Assistant ou partilha do ecrã com o smartphone serão desabilitadas. Os utilizadores ficarão cingidos à transmissão do sinal de televisão por cabo e às entradas HDMI presentes na sua televisão. Será como regressar ao passado, onde as televisões permitiam apenas ver o conteúdo transmitido pelos canais tradicionais. Contudo, este modo "burro" não será o foco da Google. Enquanto esse modo estiver ativo, os utilizadores serão constantemente relembrados de que poderão ativar o Google TV para tirar máximo proveito da sua televisão. Não se sabe muito bem o que poderá motivar a Google a disponibilizar tal opção, mas limitações de hardware podem estar envolvidas. Estas assumirão maior relevância dentro de alguns anos, quando o hardware da televisão já não conseguir acompanhar as tendências. Nada está, por enquanto, garantido relativamente à disponibilização deste modo no Google TV. A possibilidade está a ser estudada pela empresa americana e caso seja implementada deverá ser exclusiva de televisões lançadas com o sistema operativo. Editores 4gnews recomendam: Google Pixel 6 poderá usar a mesma lente principal do Huawei P50 Apple: adoção do iOS 14 envergonha o Android Redmi MAX TV 89" é oficial. Uma televisão enorme e perfeita para gaming 4gnews »

  • Xiaomi Mi Band 6: WhatsApp e Telegram terão suporte único

    26 Fevereiro 2021 Nos últimos dias a Xiaomi Mi Band 6 foi certificada em mais mercados fora de China. A próxima smartband da Xiaomi recebeu a certificação da “Indonesian Telecom”, isto depois de já ter sido certificada na Índia pela BIS. De acordo com o que foi revelado no código da Mi Fit pelo leaker “Magical Unicorn”, será possível responder a mensagens escritas (SMS) a partir da própria pulseira. Mas segundo a fonte, as novidades não se ficam por aqui. Código da Mi Fit mostra suporte para respostas rápidas a mensagens a partir da Xiaomi Mi Band 6. Crédito: XiaomiAdictos Segundo o código, assim que recebermos uma mensagem será possível dar uma resposta rápida a partir da pulseira. E esse suporte chegará pode chegar não só para SMS, bem como para serviços como o WhatsApp ou o Telegram. Não terás acesso a um teclado completo na própria pulseira, mas poderás dar respostas rápidas como “Estou numa reunião, respondo mais tarde” ou “agora não posso responder, ligo mais tarde”. O mais interessante de tudo é que estas respostas poderão ser personalizadas na app Mi Fit, segundo a fonte. Isto significa que em muitas situações deixarás de ter de tirar o smartphone do bolso, se quiseres dar apenas uma resposta básica à mensagem recebida. Serviços como o WhatsApp e o Telegram poderão ter espaço para respostas rápidas a partir da Xiaomi Mi Band 6 A Xiaomi já nos habituou a trazer para o mercado uma smartband de qualidade, e em 2021 não será diferente. Depois dos avanços feitos pela Amazfit Band, suporte para a Amazon Alexa e medição de oxigénio no sangue estarão também em cima da mesa para o novo modelo da Xiaomi. A possibilidade de ter GPS embutido é algo avançado numa anterior fuga de informação, mas que a acontecer só vai encarecer a pulseira inteligente. Editores 4gnews recomendam: Xiaomi regressa aos tablets. Possíveis especificações, preço e imagens Redmi Note 10 "revelado" oficialmente pelo diretor da Xiaomi Índia WhatsApp celebra 12 anos e partilha métricas importantes 4gnews »

  • Apple: adoção do iOS 14 envergonha o Android

    26 Fevereiro 2021 A principal vantagem do ecossistema Apple, face ao Android, tem que ver com a sua política de atualizações. E se ainda houvesse interrogações quanto a isso, os últimos números de adoção do iOS 14 são a resposta inequívoca. Graças aos dados agora revelados pela Apple, ficamos a saber que iOS 14 vigora em 80% dos equipamentos compatíveis. Números medidos até 14 de fevereiro e que revelam um enorme desfasamento para com a realidade do mercado Android. Apple conseguiu colocar o iOS 14 em 80% dos seus modelos em poucos meses Cumpre salientar que o iOS 14, objeto de reflexão nos dados partilhados pela App Store, chegou oficialmente aos utilizadores em setembro de 2020. Volvidos apenas cinco meses, constata-se um claro domínio desta versão nos dispositivos compatíveis. Concretamente, ficamos a saber que 80% de todos os iPhone ativos no mundo são já portadores do iOS 14. Quer isto dizer que são muito poucos aqueles que ainda não abraçaram esta versão do sistema operativo. Mais interessante é notar que 86% dos iPhone lançados nos últimos quatro anos já correm o iOS 14. Estes são números que assumem uma maior relevância quando comparados com o seu eterno rival, o Android. Passados quatro anos, serão muito poucos os dispositivos Android que corram a mais recente versão do seu sistema operativo. Esse cenário começa a complicar-se apenas dois anos após o seu lançamento. Recuando a dezembro de 2020, a App Store já reportava a instalação do iOS 14 em 72% de todos os iPhone ativos mundialmente. Quanto mais esmiuçamos a temática, mais fragilizado fica o quesito das atualizações praticadas no mundo Android. iPadOS 14 replica o sucesso do seu irmão Observando agora o leque de tablets da Apple e o seu estado ao nível de atualizações, conclui-se um cenário bastante similar. Até 24 de fevereiro deste ano, o iPadOS 14 marcava presença em 70% de todos os iPad ativos mundialmente. Observando o leque de dispositivos lançados nos últimos quatro anos, os valores voltam a cifrar-se acima dos 80%. Neste caso, são 84% os tablets da Apple a correr o iPadOS 14. Os números agora expostos são o perfeito exemplo de como a Apple gere o seu ecossistema. Tal é potenciado pelo controlo de todos os aspetos inerentes, algo que o Android não consegue replicar devido à sua natureza open source ou código aberto. Editores 4gnews recomendam: Apple eleita novamente pelos consumidores como a marca mais relevante iPhone 13 Pro: conceito em vídeo mostra como pode ser o smartphone Os 10 smartphones mais vendidos em 2020 - Android e iOS 4gnews »

  • Xiaomi duplica vendas na Europa

    26 Fevereiro 2021 >/>Apesar da redução global das vendas de smartphones na Europa, a Xiaomi conseguiu praticamente duplicar as suas vendas, ocupando o espaço perdido pela Huawei.>Com a Huawei a continuar a enfrentar o bloqueio dos EUA e estando impedida de aceder à Play Store e apps Google, era natural que esse vácuo fosse ocupado por outras marcas, e tem sido a Xiaomi que parece ter conseguido tirar o melhor partido disso. Apesar das vendas de smartphones na Europa terem caído 14% em 2020 face a 2019, houve algumas poucas marcas que conseguiram ter um ano extremamente positivo.Com a Apple e Samsung nas primeiras posições a terem sofrido quedas ligeiras no último trimestre, o >destaque vai para a Xiaomi na terceira posição, que conseguiu passar de 4.9 para 9.1 milhões de unidades vendidas. Sendo que, em sentido inverso, a Huawei caiu de 9.5 para 3.5 milhões de unidades, mas ainda assim conseguindo manter-se na quarta posição. >/> Também em destaque está a Oppo (5ª posição), que também registou um aumento de 68%, passando de 1.4 para 2.4 milhões de smartphones vendidos, o que começa a demonstrar resultados da sua nova ofensiva na Europa, e que faz antever um crescimento reforçado em 2021 que poderá permitir-lhe ultrapassar a Xiaomi no velho continente.Por último, referência ainda para a Realme, que registou um crescimento de 420%(!) que lhe permitiu passar de uma posição "insignificante" em 2019 para uma posição que ameaça a OnePlus, com apenas 100 mil unidades a separarem as marcas (700 mil vs 800 mil) e, simultaneamente, podendo fazer a OnePlus repensar a sua estratégia, pois foi a única marca chinesa (excluindo a Huawei com o seu caso especial) a não ter conseguido resistir às descidas - face aos excelentes resultados da Xiaomi, Oppo e Realme. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Portugal não vai conseguir vacinar todas as pessoas com comorbilidades até ao final de março

    26 Fevereiro 2021 António Costa explica o atraso em relação à meta definida com o facto de a vacina da AstraZeneca continuar a não ser recomendada para os maiores de 65 anos. Renascença »

  • Novo coronavírus chegou a Portugal no final de janeiro de 2020

    26 Fevereiro 2021 i Online »

  • Suposto smartphone dobrável da Xiaomi visto em certificação

    26 Fevereiro 2021 >Hoje, este equipamento recebeu certificação da autoridade TENAA na China. >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Bruno Xarope Android Geek »

  • Twitter Spaces começam a chegar aos utilizadores de Android

    26 Fevereiro 2021 As redes sociais para conversação são a nova tendência. Tudo começou com a Clubhouse, app exclusiva para iOS que introduziu o conceito de streaming e podcast, um híbrido entre ambos. Agora, o Twitter traz a sua alternativa para os utilizadores Android. Para que possam conversar com a família e amigos, ou assistir a autênticas palestras online, o Spaces ou Espaços do Twitter chega finalmente aos utilizadores Android, após ter permanecido um exclusivo para iOS (iPhone) durante vários meses. Os Spaces ou Espaços do Twitter chegam finalmente ao Android Tal como aponta a própria rede social, o Espaços é um lugar para se reunir, construído para as vozes das pessoas que usam esta rede social. O espaço fica ativo durante o tempo em que estiver aberto e assim que terminar a sessão, não voltará a estar publicamente disponível para os utilizadores. É um local único para falar com família e amigos nesta rede social. Esta implementação, extremamente similar senão igual ao Clubhouse, ficou disponível pela primeira vez a 17 de dezembro de 2020, na altura apenas para iOS. Assim se manteria até hoje, data em que a rede social abriu o canal beta para Android. aye we’re live! what up y’all, we're the team behind Spaces––a small experiment focused on the intimacy of the human voice???? — Spaces (@TwitterSpaces) 17 de dezembro de 2020 Segundo avança agora o portal Android Police, a plataforma disponibiliza o Spaces em versão beta para o sistema operativo Android através da sua app. O recurso está disponível na versão experimental (beta) da app do Twitter para Android. A medida visa fazer chegar esta funcionalidade a um número maior de utilizadores, no sentido de os manter ativos na plataforma. De momento é possível criar salas para discussão ou convívio e juntar-se a outras salas já criadas, com diversas funções ainda limitadas. Esta é a primeira etapa do lançamento para Android, tendo ainda várias limitações inerentes à versão pioneira para o sistema operativo da Google. Gradualmente, as funções disponíveis na versão iOS também chegarão ao Android. O novo recurso está em fase experimental no Android Mais ainda, como alerta a própria empresa, pelo caráter experimental dos Espaços é provável que os utilizadores encontrem alguns erros ou bugs. São pequenas falhas ou instabilidades naturais nas primeiras versões de qualquer app, ou serviço. A versão estável e global dos Espaços do Twitter deverá ser disponibilizada para todos os utilizadores em finais de março deste ano. O Twitter diz-nos como se cria um Espaço É possível criar um Espaço de duas formas: 1. Pressiona e mantém a pressão em Escrever e tocar no novo ícone de Espaços, à esquerda. 2. Toca na imagem do perfil em Fleets, desliza até a direita e toca em Espaços. Podemos convidar até 10 pessoas para falar. Podemos selecionar quem pode participar com privilégios de fala escolhendo entre qualquer pessoa. Aqui incluindo pessoas que seguimos ou apenas as pessoas que convidarmos para falar. Inicialmente o microfone estará desligado. Assim que estivermos estiver pronto, basta tocar em Iniciar o Espaço. Editores 4gnews recomendam: WhatsApp prepara mudança subtil para a app de mensagens PS5: expandir o armazenamento SSD será possível ainda em 2021 Realme GT: melhor ecrã de sempre num smartphone da marca é confirmado 4gnews »

  • Android poupa bateria com novo sleep tracking

    26 Fevereiro 2021 >/>A Google passa a disponibilizar uma nova Sleep API que permite às apps saberem quando os utilizadores estarão a dormir, e poupar bateria no processo.>Há muito que o Android conta com um sistema de reconhecimento de actividades, que utiliza os diversos sensores disponíveis para informar as apps sobre aquilo que o utilizador poderá estar a fazer (sentado, a caminhar, a correr, a andar de carro, etc.) Mas agora a Google reforça essas capacidades com um sistema dedicado exclusivamente ao sono.A nova >Sleep API visa facilitar o tracking de sono pelas apps, permitindo que estas obtenham a informação directamente do sistema em vez de terem que implementar, elas próprias, sistemas que estejam a analisar os sensores de forma quase contínua - assim evitando consumos de energia desnecessários. Com esta API as apps podem saber um grau de probabilidade do utilizador estar a dormir, reportado a cada 10 minutos, e também informação sobre um período considerado de "dormir", após ser detectado que um utilizador acordou.Com estes dados - que só estarão acessíveis com a permissão dos utilizadores - as apps poderão determinar os padrões de actividade dos utilizadores e ajustar-se em conformidade. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Pensão na Hora já está disponível no portal Segurança Social Direta

    26 Fevereiro 2021 Com este novo serviço digital e o processo de deferimento automático de pensões de velhice será possível reduzir o número de pensões alvo de análise manual por parte da Segurança Social, o que vai tornar mais célere todo o processo, sublinha o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. Renascença »

  • Realme GT: melhor ecrã de sempre num smartphone da marca é confirmado

    26 Fevereiro 2021 O ano de 2021 promete marcar em definitivo a entrada na “liga dos grandes” por parte da jovem marca chinesa Realme. A empresa pertencente ao conglomerado da BBK prepara-se para lançar o Realme GT 5G, e os detalhes vão sendo revelados a conta-gotas. A mais recente confirmação chega-nos através do leaker Mukul Sharma. Esta fonte partilhou o cartaz que confirma que o equipamento terá um ecrã Super AMOLED de 120Hz, ao nível dos melhores do mercado. Na imagem partilhada podemos ver como será esse mesmo ecrã que será plano nas laterais. Haverá espaço para um pequeno buraco no canto superior esquerdo que aloja a câmara frontal, bem como um sensor de impressões digitais embutido no ecrã. Realme GT terá ecrã Super AMOLED de 120Hz Xu Qi Chase, vice-presidente a Realme, afirmou recentemente que o smartphone seria o mais barato a combinar estas especificações com o processador Snapdragon 888. Sabe-se que o valor será a abaixo dos 2999 iuanes na China (qualquer coisa como 381 €). Ao que tudo indica, este smartphone vai chegar ao mercado para ser um rival acérrimo dos Redmi K40 da subsidiária da Xiaomi. O lançamento deste smartphone está agendado para de 4 março na China, mas devemos esperar um lançamento global nos próximos tempos. Especificações do Realme GT Ecrã AMOLED de 6,8" polegadas com uma resolução QuadHD+ Taxa de atualização de 120Hz Processador Qualcomm Snapdragon 888 Até 12GB de memória RAM Até 512GB de armazenamento Tripla câmara traseira: 64MP + 13MP (telefoto) + 13MP (ultrawide) Leitor de impressão digital no ecrã Bateria de 5,000mAh com suporte para carregamento a 65W Android 11, Realme UI Editores 4gnews recomendam: Samsung Galaxy A32 4G é oficial: o segredo está no ecrã Xiaomi regressa aos tablets. Possíveis especificações, preço e imagens Realme 8: sensor de 108MP será revelado em detalhe antes da apresentação 4gnews »

  • BQ em processo de insolvência após fiasco no Vietname

    26 Fevereiro 2021 Ainda que tal fosse expectável por esta altura - após dois anos sem apresentar novos smartphones - não deixa de ser uma notícia triste para o mercado tecnológico. A BQ, fabricante espanhola de smartphones Android chega ao fim após o fiasco no Vietname. Em causa está um passivo milionário, mais concretamente, 41 milhões de euros em prejuízos e dívidas levam ao encerramento da atividade da empresa. Recordamos que em 2019 a BQ foi adquirida pelo consórcio vietnamita Vingroup com vista à entrada no mercado de smartphones. Agora, está a negociar com a LG a aquisição de todo ou parte do seu segmento mobile. O inevitável fim da marca espanhola de smartphones BQ A possibilidade de vermos novos smartphones BQ a chegar ao mercado é agora infinitamente menor, com a empresa vietnamita a tentar chegar a um acordo com a LG. Após vários meses de problemas, discussões entre acionistas e os gestores da outrora grande fabricante espanhola, o futuro da BQ é negro. É altamente improvável que a empresa vietnamita invista mais na espanhola. Recordamos que esta fabricante ibérica chegou a ser avaliada em 200 milhões de euros, acumulando bons lançamentos de smartphones acessíveis, com boa relação preço / qualidade e vários modelos de impressoras 3D, além dos Zowi, os robôs lúdicos. Mais ainda, chegamos a ter vários tablets BQ e e-readers com bastante sucesso e boa receção no mercado espanhol e português, com o portefólio de produtos a incluir mais itens. Dívidas de 40,9 milhões motivam o processo de insolvência da BQ Atualmente a marca está enterrada em dívidas que arrastam consigo o sonho de uma fabricante ibérica. Era uma das poucas empresas que desenvolvia os próprios telefones e software. Uma das poucas que também tinha o seu próprio centro de pesquisa e desenvolvimento na vizinha Espanha. Em 2016 a BQ era uma das estrelas em ascensão no mercado mobile. A notícia é avançada pela publicação LaInformación, que dá conta da liquidação da empresa. Com efeito, a liquidação já transitou em julgado nos órgãos competentes de Madrid, declarando-se o estado de insolvência da BQ, fruto de uma dívida de 40,9 milhões de euros. A BQ tem dívidas consideráveis com os antigos colaboradores, fornecedores e entidades bancárias. Perante tal cenário financeiro não terá restado outra opção a não ser a insolvência e consequente liquidação do património remanescente. A dona da empresa, a Vingroup nunca revelou os relatórios fiscais da BQ até ao momento, por norma um mau sinal. Entre 2019 e 2021 a fabricante não lançou novos produtos e as derrapagens sucessivas no departamento fiscal ditam agora o seu fim. O advento das fabricantes chinesas como a Xiaomi e várias outras marcas low-cost estará por detrás da erosão da quota de mercado da BQ. A madrilena cai assim tal como a HTC, Sony, Blackberry e outros nomes outrora sonantes no mercado mobile. Por fim, é possível que a BQ seja dividida em vários setores durante o processo de liquidação, com alguns destes a poderem ser recuperados. De qualquer modo, este é o fim da marca tal como a conhecemos ao longo da última década. Editores 4gnews recomendam: Samsung Galaxy A32 4G é oficial: o segredo está no ecrã Preço das comunicações desce mais em Portugal que no resto da Europa Xiaomi regressa aos tablets. Possíveis especificações, preço e imagens 4gnews »

  • IFTTT com múltiplas acções idênticas

    26 Fevereiro 2021 >/>Os subscritores do IFTTT podem fazer algo que certamente há muito desejavam, poder encaderar várias acções repetidas para um único trigger.>A transição do >IFTTT para uma >modalidade Pro com subscrição não foi pacífica, mas com isso vieram novas funcionalidades que tornam o serviço ainda mais poderoso - como é o caso desta "multi-same action".Na versão Pro já possível encadear-se múltiplas acções para um único trigger, mas era necessário que todas as acções fossem diferentes, em contraste com o que estava disponível na versão gratuita, que se limita a permitir fazer uma única do tipo "se acontecer isto, faz isto". Agora, passa a ser possível encadear até 5 acções, mesmo que seja a mesma acção com parâmetros diferentes. Por exemplo, em resposta a algo como se ter chegado a casa, podemos criar uma acção que não ligue apenas uma única lâmpada, mas ligue múltiplas lâmpadas diferentes; ou que envie emails para diferentes pessoas; ou o que desejarem, sem qualquer constrangimento.Claro que continua também a ser possível usar acções diferenciadas encadeadas, como "acender luzes e enviar email e registar o momento numa folha do Google Sheets". A versão gratuita do IFTTT está limitada à criação de 3 applets personalizados mas permite usar applets um número ilimitado de applets já feitos; a versão Pro abre o acesso aos applets mais complexos com condições lógicas e acções múltiplas, mas obrigando a pagar $3.99/mês (para quem não apanhou a promoção inicial de >pagar o preço que achava mais justo, para sempre). >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Número de recuperados supera o de novos casos nas últimas 24 horas em Portugal

    26 Fevereiro 2021 i Online »

  • One UI 3.1 traz o Samsung DeX sem fio para todos os telefones Galaxy

    26 Fevereiro 2021 >Quando o Galaxy S21 foi apresentado, foi mencionado que os restantes equipamentos Galaxy viriam a ter acesso ao Samsung DeX wireless. Algo que o Galaxy S20 ou Note 20 já podem usar. A forma de funcionamento é simples >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Joao Bonell Android Geek »

  • Drone DJI Mini 2 a €378

    26 Fevereiro 2021 >/>Os quadcopters da DJI são considerados a referência no segmento, e temos a oportunidade de apanhar um Mini 2 a preço bastante tentador.>Quem já se aventurou no mundo dos drones de baixo custo e ficou desapontado pela dificuldade em controlá-los, poderá estar dispostos a dar o salto para um segmento superior, onde esse controlo é feito da forma que imaginava que fosse feito - sem que o drone esteja constantemente a "lutar" contra o utilizador. É isso mesmo que se sente nos modelos mais económicos da DJI, e ainda de melhor forma neste >Mini 2 que fica agora disponível a um preço irresistível.>/>Este >DJI Mini 2 está disponível por apenas 378 euros com o código de desconto BGMINI2NA, e com envio EU Priority Line disponível por 5 euros.No ano passado rendi-me à promoção do DJI Spark por €250 e fiquei maravilhado a todos os níveis, ficando apenas com pena de não trazer o controlador dedicado, o que limita o alcance ao WiFi do smartphone (actualização: e entretanto, já fiz o upgrade para este). Neste caso, este Mini 2 já resolve isso com o controlador incluído, permitindo controlá-lo a até 10 km de distância - o que me arrisco a dizer que já será bastante assustador (mesmo a umas centenas de metros já dá "medo"! :)Os 31 minutos de autonomia são também um dos pontos fortes, assim como a câmara 4K com gimbal de estabilização. Quem desejar mais, pode optar pelo pack Fly More, com três baterias, carregador, mais hélices de substituição e bolsa, que fica por 508 euros usando o mesmo código de desconto (já com envio).Acompanha as melhores promoções diárias no nosso grupo >AadM Promos. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • CORONAVÍRUS PORTUGAL - Portugal prolonga confinamento até pelo menos 16 de março

    26 Fevereiro 2021 EFE »

  • Atualização do Samsung One UI 3.1 disponibiliza recursos da gama Galaxy S21 para os Galaxy S20, Galaxy Note20 e Galaxy Z

    26 Fevereiro 2021 >Os Galaxy S21 com One UI 3.1 introduziram um conjunto de inovações incríveis ao nível das câmaras, tornando mais fácil do que nunca captar fotos impressionantes e gravar vídeos ao estilo profissional. Com a atualização para o One UI 3.1, os utilizadores dos Galaxy S20 têm agora a possibilidade de experimentar esses mesmos recursos.   >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Joao Bonell Android Geek »

  • Samsung Galaxy A32 4G é oficial: o segredo está no ecrã

    26 Fevereiro 2021 No início deste mês de fevereiro a Samsung apresentou o Samsung Galaxy A32 5G. Agora surge a versão mais barata, destinada a quem não tem interesse em estar preparado para a tecnologia móvel de próxima geração. Samsung Galaxy A32 4G tem painel AMOLED de 90Hz O Samsung Galaxy A32 4G foi agora apresentado, e há pormenores onde até é melhor que a sua versão 5G. Isto porque chegará ao mercado com um painel AMOLED de 6.4 polegadas com taxa de atualização de 90Hz. Recorde-se que a versão 5G tem um modesto painel LCD de 60Hz. O design não foge muito à versão 5G, mas outro pormenor é que graças ao ecrã AMOLED, o sensor de impressões digitais se encontra embutido no ecrã. E embora isso não seja sinónimo de qualidade, também no segmento fotográfico os números são mais vistosos. Neste modelo dispomos de uma câmara principal de 64MP. A acompanhá-la estão uma ultrawide de 8MP, e ainda sensores macro e de profundidade de 5MP. Na notch em forma de gota está uma câmara frontal de 20MP. Embora na infografia abaixo não seja revelado qual o processador usado, a página da Samsung na Rússia revelou que será o MediaTek Helio G80. A acompanhar estarão versões de 4GB, 6GB ou 8GB de memória RAM e 64GB e 128GB. No que diz respeito à bateria, podemos contar com 5000mAh com carregamento de 5W. Com Android 11 fora de caixa, este modelo chega ainda nas cores branco, preto, violeta e azul. Infografia com todos detalhes do Samsung Galaxy A32 4G O preço do smartphone é o equivalente a 221 € na Rússia na sua versão base. Recorde-se que a versão 5G foi lançada em Portugal com um preço base de 279 €, e é esperado que este modelo não fuja muito desses valores. Editores 4gnews recomendam: Samsung Galaxy A32 5G, rival do LG Velvet chega à Europa por 279 € Xiaomi regressa aos tablets. Possíveis especificações, preço e imagens Redmi Note 10 "revelado" oficialmente pelo diretor da Xiaomi Índia 4gnews »

  • Realme 8: sensor de 108MP será revelado em detalhe antes da apresentação

    26 Fevereiro 2021 A Realme está cada vez mais perto de apresentar os seus próximos topo de gama, Realme 8. Agora, confirmaram oficialmente que se irá realizar um evento no próximo dia 2 de março, que será exclusivamente dedicado à apresentação do seu novo sensor de 108 megapixels. Esta não é a primeira vez que a fabricante realiza um evento desta natureza, tendo apresentado a mesma estratégia no ano passado aquando da apresentação do sistema fotográfico com um sensor de 64 megapixels. Quanto a este “novo” sistema fotográfico, não foram reveladas ainda informações concretas sobre as possíveis surpresas que a marca poderá reservar. Realme 8 será o primeiro da fabricante a chegar com câmara de 108MP Até agora, foi apenas confirmado que o Realme 8 será o primeiro smartphone da marca a chegar equipado com um sensor de 108MP. Por isso, espera-se que durante este evento acabem por ser revelados alguns detalhes sobre o novo smartphone. O Realme 8 Pro foi avistado recentemente nas mãos de um popular ator de Bollywood, revelando um módulo fotográfico quadrado de grandes dimensões, onde estará integrado o dito sensor de 108MP. Salman Kahn foi escolhido pela Realme para promover os seus anteriores smartphones desta linha, o que dá ainda mais força a estas suspeitas. Quanto às especificações do Realme 8, não foram ainda reveladas muitas informações, sendo apenas referido que poderá apresentar o processador MediaTek Dimensity 720, 8GB de memória RAM e suporte para carregamento rápido a 65W. No caso da variante PRO, é possível que vejamos integrado um processador topo de gama da Qualcomm, como por exemplo o Snapdragon 870. Mas, nada foi ainda confirmado. Editores 4gnews recomendam: Realme Buds Air 2 TWS: auriculares sem fios com ANC por menos de €40 Realme lança os gadgets perfeitos para te tornares num "master gamer" Realme Narzo 30 Pro e Narzo 30A apresentados oficialmente! 4gnews »

  • Xiaomi regressa aos tablets. Possíveis especificações, preço e imagens

    26 Fevereiro 2021 É preciso recuarmos até ao ano de 2018 para encontrar o último tablet que a Xiaomi lançou para o mercado - o Mi Pad 4. Recentemente, a fabricante chinesa anunciou o regresso a este segmento de mercado para 2021. A Xiaomi tarda em avançar com os detalhes e possível data de lançamento deste produto, mas agora foram revelados na rede social chinesa Weibo os alegados preços, especificações e imagens do tão aguardado tablet. Xiaomi Mi Pad 5 pode seguir design do Mi 11 e dos iPad da Apple O site MyDrivers avança que o equipamento terá um design traseiro em muito semelhante ao Mi 11, e uma parte frontal que nada deve aos iPad mais recentes. Ao que é avançado, podemos esperar um ecrã LCD 2K com 144Hz de taxa de atualização. Alegado design do Xiaomi Mi Pad 5. Crédito: MyDrivers Será um tablet para o mercado topo de gama e, como tal, é descrito será comandado pelo processador Snapdragon 870. A acompanhar estarão, alegadamente, memória RAM LPDDR5 até 16GB e armazenamento UFS 3.1 até 1TB. Segundo estes dados, o produto terá uma super-bateria de 10000mAh com carregamento de 50W. Chegará ainda equipado com uma câmara principal IMX586 da Sony, e características como Wi-Fi 6 e 5G. Segundo os dados revelados, a versão base de 8GB e 128GB chegará pelo equivalente a 508 euros na China. Em baixo partilhamos uma listagem os todos os detalhes revelados, mas deves ter em conta que por enquanto serão apenas rumores ainda não confirmados pela marca. Alegadas especificações do Xiaomi Mi Pad 5 A confirmarem-se estes detalhes, será um tablet para competir com os grandes tubarões do mercado. Espera-se que seja desta que a Xiaomi lança finalmente um modelo globalmente. Editores 4gnews recomendam: Redmi Note 10 "revelado" oficialmente pelo diretor da Xiaomi Índia Novos RedmiBook Pro são oficiais. Elegância e potência definem estes portáteis Xiaomi apresenta a nova gama de smartphones Redmi K40 4gnews »

  • Fisco perde 17 milhões de euros por dia em impostos

    26 Fevereiro 2021 Receita fiscal caiu em janeiro 532,4 milhões de euros face ao mesmo mês de 2020. Confinamento explica resultados negativos. Correio da Manhã »

  • WhatsApp celebra 12 anos e partilha métricas importantes

    25 Fevereiro 2021 O WhatsApp é a plataforma de eleição para mais de dois mil milhões de utilizadores em todo o mundo (dados da Statista), mantendo-se líder indiscutível neste mercado. A 15 de maio de 2021 aplicará a nova Política de Privacidade e agora celebra 12 anos! A empresa liderada por Will Cathcart tem-se desdobrado em explicações sobre o teor e impacto das alterações a caminho numa tentativa de recuperar a confiança dos utilizadores. Ao mesmo tempo, visa estancar a fuga para as rivais Signal e Telegram. O WhatsApp celebra o 12.º aniversário com 2 mil milhões de utilizadores More than two billion users turn to WhatsApp each month to send 100 billion messages and to connect more than one billion calls each day. We are and will continue to be committed to your privacy with end-to-end encryption. Always and forever. Happy 12 years WhatsApp! pic.twitter.com/a61wqDassg — WhatsApp (@WhatsApp) 24 de fevereiro de 2021 A plataforma aproveitou a ocasião para partilhar alguns dos números e métricas que compõe o seu ecossistema de utilizadores. São números que fazem a diferença e que nos permitem apurar a real dimensão e escala do seu impacto na vida de quem a usa. Apesar das críticas recentes à sua partilha e tratamento de dados com as empresas do grupo Facebook, algo de que estamos resguardados na Europa à luz do vigente RGPD, a plataforma mostra-se seguro de si e os sinais são de crescimento. A plataforma de comunicações nasceu em fevereiro de 2009 O WhatsApp foi fundado em fevereiro de 2009 por Brian Acton e Jan Koum, dois ex-funcionários da Yahoo. Inicialmente foi concebido como uma plataforma que permitisse o intercâmbio de informação entre os utilizadores. Entretanto, evoluiu para plataforma de mensagens e comunicações instantâneas e o resto ficou para a história. Em 2014 o WhatsApp foi comprado pelo Facebook, em fevereiro desse mesmo ano. No ano seguinte (2015), a plataforma adicionou as chamadas de voz ao seu serviço. As videochamadas seguiram-se em 2016 e, em 2018 chegaram as chamadas de grupo. Em 2021 o WhatsApp processa mais de 100 mil milhões mensagens e 1000 milhões de chamadas por dia. Tem mais de dois mil milhões de utilizadores ativos. Tira mais proveito do teu WhatsApp: O melhor truque para que nunca te ignorem! Como silenciar ou transformar um vídeo em GIF Como ativar a autenticação em dois fatores Eis o que fazer em caso de roubo da conta Dicas de privacidade e boas práticas de segurança Dicas para nunca perder uma conversa ou grupo Como instalar e usar a versão Beta no Android Como esconder o estado Online dos teus contactos 4gnews »

  • Novos RedmiBook Pro são oficiais. Elegância e potência definem estes portáteis

    25 Fevereiro 2021 O segmento da informática recebe um novo par que promete fazer furor. Os novos RedmiBook Pro foram hoje (25) apresentados e prometem ser a escolha perfeita para quem deseja elegância e desempenho. Temos duas variantes com ecrãs de 14 ou 15 polegadas. Ambas recorrem a processadores Intel de 11ª geração e um design que muitos acharão familiar e outros uma cópia descarada. É impossível não vermos as semelhanças destes portáteis para com os MacBook Pro da Apple. Porém, a Redmi saiu em defesa das suas escolhas afirmando que esta construção metalizada potencia consideravelmente a resistência do seu produto. RedmiBook Pro de 14 polegadas é o modelo mais acessível desta gama de portáteis O modelo de menores dimensões (14 polegadas) é o ponto de partida para os novos portáteis desenvolvidos pela Redmi. Todavia, este distinguir-se-á do seu irmão apenas em alguns pormenores. O RedmiBook Pro 14 apresenta um painel com resolução 2560×1440 e um aproveitamento de corpo de 88,2%. Este apresenta-se com um brilho máximo de 300 nits, dc dimming e um ângulo de visão de 178º. Internamente, este modelo oferecerá opção de escolha entre os processadores Intel Core i5 e Core i7, ambos de 11ª geração. O comprador poderá ainda optar por uma configuração com placa gráfica incorporada ou uma dedicada Nvidia GeForce MX450. A nível de memórias, o RedmiBook de 14 polegadas oferece 16GB de RAM DDR4 e um SSD PCIe de 512GB. Conta com uma bateria de 56WHr e vem com um carregador de 65W USB-C incluído na caixa. Os valores inerentes a este modelo oscilam entre o equivalente a 572€, podendo ascender aos 763€. Tudo irá depender do processador e gráfica escolhida pelos compradores. RedmiBook Pro de 15 polegadas dá o salto no ecrã O principal fator diferenciador entre este par de portáteis está nos seus ecrãs. O modelo de 15 polegadas, além de uma diagonal de maior dimensão, apresenta outras especificidades que devem ser mencionadas. Desde logo na sua resolução que se fixa nos 3200×2000 pixels, apelidado de painel 3.2K. Mas o grande diferenciador estará na sua taxa de atualização, que neste modelo será de 90Hz.A memória RAM deste modelo salta para os 16GB. Outro ponto de diferenciação está, como não poderia deixar de ser na sua bateria. No RedmiBook Pro de 15 polegadas foi incluída uma célula de 70WHr, carregada com um adaptador de 100W. Este modelo apresenta valores de compra que oscilam entre os 635€ e os 800€. Em ambos os casos, estes valores aplicam-se ao mercado chinês, ainda sem dados sobre uma eventual disponibilidade global. Cumpre ainda salientar o suporte de ambos os modelos para a MIUI+. Introduzida com a revelação da MIUI 12.5, esta plataforma visa melhorar a interação entre o smartphone e o computador. Com os utilizadores cada vez mais divididos entre ambas as plataformas, a MIUI+ permitirá uma maior interação entre elas. Uma experiência concedida a todos os que adquirirem um dos RedmiBook Pro. Editores 4gnews recomendam: Redmi AirDots 3 apresentados com melhor qualidade de som e preço irresistível Redmi MAX TV 89" é oficial. Uma televisão enorme e perfeita para gaming Apple: próximo MacBook Pro 16 vai deixar-te desiludido! 4gnews »

  • Redmi AirDots 3 apresentados com melhor qualidade de som e preço irresistível

    25 Fevereiro 2021 Um dos grandes destaques do conjunto de apresentação feitas hoje pela Redmi vai para os seus novos auriculares sem fios. Suportados pelo enorme sucesso dos seus antecessores, os Redmi AirDots 3 apresentam uma incrível relação qualidade / preço. Os novos Redmi AirDots 3 foram revelados com um preço equivalente a 25€, não fugindo muito dos valores praticados nos seus antecessores. Porém, a nova geração traz várias melhorias internas que lhe darão ainda mais destaque. Primeiramente, quero mencionar que o design dos Redmi AirDots 3 não sofreu alterações. Se estás familiarizado com aqueles que o antecederam, então o novo modelo destes auriculares sem fios não apresentará surpresas. Redmi AirDots 3 prometem som de grande qualidade A Redmi focou os seus esforços nos internos dos seus novos auriculares true wireless. Nesse sentido, a empresa optou por aliar o chipset QCC3040 ao codec aptX Adaptive numa fusão que promete elevar a qualidade do som reproduzido. Outra grande novidade dos Redmi AirDots 3 está na sua conectividade, abraçando o padrão Bluetooth 5.2. Este novo padrão promete uma conexão mais rápida, mais estável e um melhor rácio de transmissão de dados. Os Redmi AirDots 3 serão ainda portadores de controlos por gestos para maior facilidade no controlo de vários aspetos. Uma opção muito apreciada pelos utilizadores deste tipo de dispositivos de reprodução de áudio. Redmi AirDots 3 oferecem até 30 horas de reprodução O pilar basilar dos auriculares em fios reside na autonomia que estes conseguem oferecer. Neste capítulo, a Redmi promete valores que certamente te deixarão impressionados, sobretudo tendo em conta o seu preço. A Redmi promete energia suficiente para 7 horas de reprodução ininterrupta com a bateria incluída em cada auricular. Com a ajuda da caixa de transporte dos Redmi AirDots 3, estes valores são consideravelmente inflacionados para um total de 30 horas. Para isso contribuirá a bateria de 600mAh incluída na caixa de transporte destes novos auriculares sem fios. O carregamento dos teus Redmi AirDots 3 será feito através de uma entrada USB-C. Um dos usos mais comuns deste tipo de produtos é na prática desportiva e a Redmi não se esqueceu desse pormenor. Nesse sentido, os novos AirDots 3 vêm certificados com o selo IPX7. Não têm cancelamento de ruído, mas prometem reduzir sons envolventes Nesta faixa de preço, seria um feito impressionante caso a Redmi implementasse a tecnologia de cancelamento de ruído ativo. No entanto, a chinesa teve em consideração que muitos usam estes acessórios para a realização de chamadas. Com isso em mente, os Redmi AirDtos 3 vêm equipados com a tecnologia de Redução de Ruído Ambiental. Esta pretende minimizar os barulhos que te rodeiam e providenciar maior claridade de som na realização de chamadas. Por fim, importa frisar que os Redmi AirDots 3 ainda não têm uma data definida para o seu lançamento global. Teremos de esperar por esse dado, até porque estes auriculares têm tudo para ser um sucesso em qualquer mercado. Editores 4gnews recomendam: Redmi MAX TV 89" é oficial. Uma televisão enorme e perfeita para gaming Xiaomi Redmi Note 10 apanhado à venda em loja antes do seu lançamento! Xiaomi alcança feito inédito no segundo maior mercado do mundo! 4gnews »

  • Cabo Verde reporta mais 40 casos positivos em 24 horas

    25 Fevereiro 2021 País elevou para 15201 os casos positivos desde o início da pandemia em março de 2020. Correio da Manhã »

  • Facebook, Messenger, Instagram e WhatsApp falham em Portugal

    25 Fevereiro 2021 Os serviços do grupo Facebook estão a apresentar falhas e quebras no serviço em Portugal. A rede social e respetiva aplicação, o Instagram, Facebook Messenger e também o WhatsApp, ainda que em menor escala estão a apresentar vários erros. As queixas dos utilizadores foram reportadas a partir das 16:00h de Portugal no portal downdetector, dando conta das frustrações sentidas com os serviços do grupo Facebook. É a mais recente ocasião que falha geral no império de Mark Zuckerberg. Os serviços do Facebook estão a falhar em Portugal User reports indicate Facebook Messenger is having problems since 9:52 AM EST. https://t.co/hd5tbiWvQV RT if you're also having problems #FacebookMessengerdown — Downdetector (@downdetector) 25 de fevereiro de 2021 Não há razões para alarme, mas caso também estejam a ser afetados pelas falhas, com a impossibilidade de enviar mensagens e outros conteúdos através da plataforma Messenger, Instagram e WhatsApp, não são os únicos. A quebra no serviço é generalizada. Entre os serviços mais afetados está o Facebook Messenger, com impossibilidade de enviar algumas mensagens e tirar proveito de todas as funções dos chats. Por outro lado, o WhatsApp é a menos afetada, registando a menor incidência de queixas. Messenger, Instagram e WhatsApp também foram afetados Quebras no serviço registadas pelo portal downdetector. As quebras não afetam os bastiões do Facebook por igual, nem se replicarão de um mesmo modo em todos os utilizadores. Entre as situações relatadas estão as falhas de envios de mensagens, conteúdo multimédia como fotografias e outros ficheiros no Messenger. Entretanto, o serviço dá sinais de recuperação, tanto no feed de notícias do Facebook, como nas comunicações através do Facebook Messenger. Já o Instagram apresentou algumas falhas na apresentação de conteúdos e na entrega das mensagens via DM. De acordo com os relatos o WhatsApp foi o serviço menos afetado, registando-se alguma lentidão de apresentação de conteúdos no Estado (Status) dos utilizadores. Os serviços do Facebook estão gradualmente a ser repostos, com menos problemas reportados. A última falha geral nos serviços desta empresa ocorreu em dezembro de 2020. Editores 4gnews recomendam: Apple Car: analistas esperam receitas de 50 mil milhões até 2030 Os 10 smartphones mais vendidos em 2020 - Android e iOS 7 novidades da Telegram para esquecer de vez o WhatsApp 4gnews »

  • Samsung Galaxy Note 10 começa a receber a One UI 3.1 na Europa

    25 Fevereiro 2021 Com o lançamento dos seus mais recentes topos de gama, da linha Galaxy S21, a Samsung introduziu também a nova versão da sua interface, a One UI 3.1. Como seria de esperar, durante as semanas que se seguiram a atualização começou a chegar a outros smartphones mais antigos. Agora, foi avançado pelo site SamMobile que o Samsung Galaxy Note 10 e Galaxy Note 10+ já começaram também a receber a desejada atualização na Europa. Para já, foi apenas confirmada a sua disponibilidade na Alemanha, mas deverá começar a chegar aos restantes mercados, incluindo Portugal, durante os próximos dias. O pacote da atualização chega com a versão de firmware N97xFXXU6FUBD e com mais de 1GB. Por esse motivo, poderá demorar algum tempo para que seja descarregado e instaldo, sendo aconselhável garantir que estás ligado a uma rede Wi-fi. Quais as novidades trazidas pela One UI 3.1 ao Galaxy Note 10 Assim como aconteceu com a chegada da atualização aos restantes smartphones da fabricante, também o Samsung Galaxy Note 10 recebe várias novidades com a One UI 3.1. Entre os várias implementações, destaca-se: Private Share Eye Comfort Shield (filtro de luz azul) Remoção de informações de localização das imagens antes de serem partilhadas Alternar automaticamente entre os Galaxy Buds e outros dispositivos Galaxy Extração automática de informação sobre data e endereço de eventos no calendário Além das novidades referidas em cima, na lista de novidades presente na atualização são ainda referidas pequenas melhorias de interface, melhorias na performance das câmaras fotográficas e aplicação do patch de segurança da Google para o mês de março. Caso ainda não tenhas recebido a notificação da atualização, podes tentar forçar a sua chegada manualmente a partir das definições do smartphone. Mas o mais provável é que apareça automaticamente durante os próximos dias. Editores 4gnews recomendam: Samsung e AMD preparam portátil para bater os MacBook da Apple Samsung Galaxy A12: provavelmente o melhor smartphone até 150 € Samsung Galaxy A52 5G: confirmada característica rara nos gama média 4gnews »

  • Redmi Note 10 revelado antes do tempo em vídeo hands-on

    25 Fevereiro 2021 >Hoje, uma loja indiana chamada Anis Mobile lançou um vídeo hands-on, do smartphone e assim revelou algumas das suas principais características e especificações.? >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Bruno Xarope Android Geek »

  • Análise ao rato ultra-leve Katar Pro XT e tapete MM700 RGB da Corsair

    25 Fevereiro 2021 >/> Depois de por cá já terem passado os Corsair >Katar Pro wireless e o muito artilhado e colorido >Dark Core RGB Pro, desta vez temos o Katar Pro XT ultra-leve e um tapete RGB a acompanhar.>>Corsair Katar Pro XT>/> Analisar ratos é uma tarefa que se revela um pouco complicado devido ao facto de, para a maioria das pessoas, ser algo que resumidamente se limita a "funcionar" ou não-funcionar. No entanto, este >Katar Pro XT apresenta-se com alguns argumentos para se tentar diferenciar. Este é um dos ratos mais leves já criados pela Corsair, com apenas 73g, o que o torna mais ágil para jogos de acção - e complementado por um sensor de 18000 DPI e botões Omrom que, neste caso, estreiam o novo sistema Quickstrike da Corsair. Um sistema com nome bastante criativo e que elimina quaisquer folgas entre os contactos mecânicos do botão (componente) e o botão (do rato), para que a actuação dos cliques seja imediata e sem qualquer atraso.Será de louvar o esforço da Corsair em olhar para esses detalhes, mas a verdade é que diferença é imperceptível face aos cliques nos botões dos demais ratos da marca - mas não que isso seja um ponto negativo, já que os cliques são sólidos e robustos. Apesar de se um rato para jogos, temos apenas seis botões disponíveis (o que para mim é uma vantagem, pois não gosto dos ratos recheados de botões por todo o lado): os botões esquerdo e direito, o botão na roda de scrol, outro botão central atrás da roda de scroll (e que, de origem permite alternar entre três modos de DPI sem que seja necessário usar menus de configuração), e dois botões laterais na parte esquerda, mas que não são intrusivos para o uso normal, todos eles podem ser usados com macros usando-se o software Corsair iCUE. Quanto ao design, é simétrico, facilitando o uso pela mão direita ou esquerda, apesar de neste último caso os referidos botões laterais se tornarem menos práticos de utilizar. >/> Outro ponto que me agradou foi o cabo que, ao contrário do que é habitual, é extremamente flexível mas sem que aparente fragilidade. A comparação que poderia fazer para dar a ideia da sua flexibilidade é dizer que parece que temos o rato ligado ao computador através de um fio de lã. O que me leva ao passo seguinte, e que resulta numa combinação perfeita com este rato.>Tapete Corsair MM700 RGB>/> Complementando o Katar Pro XT, que vem apenas com um único LED RGB na roda de scroll - em contraste com o colorido >Dark Core RGB Pro - a Corsair lançou também o seu tapete de rato >MM700 RGB com três zonas de iluminação distintas. >/> Este tapete na sua versão extended oferece uma vasta área de trabalho de 930 x 400 mm, mais que suficiente para se ter um teclado e portátil e espaço com fartura para o rato, com uma superfície que não só é agradável ao tacto como também se revela perfeita para o deslizar do rato. >/> O tapete conta com uma pequena caixa de controlo no canto superior direito, que tem um botão que permite alternar entre diferentes efeitos luminosos, que vão de efeitos cíclicos à possibilidade de se escolher uma única cor em todo o rebordo, que também podem ser personalizados via iCUE para sincronização perfeita com os demais acessórios RGB da marca que se possam ter (ratos, ventoinhas, fitas LED, etc.) E, para simplificar a confusão de cabos, esta pequena caixa conta também com um hub USB com duas portas USB adicionais, para além da USB-C que usa para se ligar ao PC, permitindo ligar o rato, teclado, mesa digitalizadora ou outros acessórios que se queira manter nesta área. >/> Apesar da extensa área do tapete, a iluminação no rebordo é mantida de forma bastante uniforme e com intensidade suficiente para que seja bem visível, mas não ao ponto de ser excessiva ou incomodativa.>Apreciação finalEmbora não haja falta de ofertas neste segmento, o Katar Pro XT revela-se uma excelente opção, sem floreados desnecessários e que cumpre com aquilo a que se propõe oferecendo uma excelente sensação de robustez e qualidade, e com destaque especial para o seu cabo nada intrusivo que gostaríamos que passasse a ser usado em todos os ratos cablados. Quanto ao tapete, revela-se bastante interessante para quem tiver espaço para ele, mas - não tendo ainda neste momento indicação do seu preço final - irá ficar dependente de quanto custa. Outros tapetes da Corsair têm preços que se podem considerar excessivos face a propostas concorrentes, será preciso aguardar um pouco mais para ver se a Corsair irá manter essa tendência, ou se aproveitará este MM700 RGB Extended para se aproximar de valores mais concorrenciais.O >Corsair Katar Pro XT pode ser encontrado a 39 euros na Amazon Espanha (curiosamente, a versão wireless está disponível ao mesmo preço). Para o >MM700 RGB estamos a aguardar que seja revelado o preço oficial. >/>Corsair Katar Pro XT e MM700 RGB >/>Escaldante PrósCabo do rato flexívelDesign confortávelSem botões excessivosContrasPodia ter mais alguns LEDs >/> >/> >/> Corsair Katar Pro XTAberto até de MadrugadaEscaldante (5/5) >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Os 10 smartphones mais vendidos em 2020 - Android e iOS

    25 Fevereiro 2021 Estes foram os smartphones mais vendidos durante o último ano de 2020, com a Samsung, Apple e Xiaomi a ocuparem os lugares de destaque no top de vendas. Os dados são avançados pela agência de análise de mercado OMNIA e dão-nos o panorama completo. Podemos assim saber quais foram os telefones mais comprados no último ano, dando também a conhecer alguns destaques de cada produto. A maioria dos modelos foi lançada no último ano, mas também temos alguns modelos mais antigos. 1. Apple iPhone 11 - 64,8 milhões de unidades O iPhone 11 da Apple foi o smartphone mais vendido do último ano com o modelo lançado pela tecnológica de Cupertino em 2019. O volume de vendas superou os 64 milhões de unidades graças ao preço reduzido em 2020 que ajudou a aumentar as vendas. Este telefone Apple está disponível em vários esquemas de cor o que também alarga o seu apelo a diferentes tipos de consumidores, sendo relativamente compacto e poderoso. 2. Apple iPhone SE 2020 - 24,2 milhões de unidades Em segundo lugar temos o iPhone mais barato da atualidade. Com mais de 24 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento no primeiro trimestre de 2020, o iPhone SE (2020) é relativamente barato e tem ótimo desempenho. O modelo está disponível em três tons de cor, tem um design mais tradicional com o botão central Touch ID e uma só câmara principal, sendo lhe apontada uma autonomia de bateria abaixo da média. 3. Apple iPhone 12 - 23,3 milhões de unidades Em terceiro lugar temos o modelo base da nova geração de iPhones, o iPhone 12. É um modelo muito equilibrado, com o melhor poder de processamento que a Apple tem para oferecer, num formato familiar, mas repleto de novas tecnologias. O modelo está disponível em vários tons de cor e é relativamente acessível quando o comparamos com outros telefones de gama alta. A geração iPhone 12 foi apresentada em outubro de 2020, conseguindo ainda assim chegar a este pódio. 4. Samsung Galaxy A51 - 23,2 milhões de unidades O primeiro smartphone Android da lista é um excelente modelo da Samsung, o Galaxy A51. Trata-se de um telefone de gama média com boa relação preço / qualidade, brilhante ecrã e boa autonomia, estando também bem equipado com câmaras fotográficas. Este Samsung Galaxy A51 tem boa relação preço / qualidade, oferecendo já alguns dos trunfos presentes nos topos de gama. 5. Samsung Galaxy A21s - 19,4 milhões de unidades O Samsung Galaxy A21s foi apresentado em maio de 2020, chegando ao mercado no mês seguinte, colocando-se no segmento de gama média-baixa. O preço oscila entre os 150 a 200 euros nas lojas Amazon.ES, sendo uma opção mais acessível. Este telefone Samsung está disponível em preto, branco e azul, com linhas elegantes, bom leque de câmaras fotográficas e ecrã a ocupar praticamente toda a sua frente. É uma compra segura, com grande bateria de 5000 para ótima autonomia. 6. Samsung Galaxy A01 - 16,9 milhões de unidades Também conhecido por Samsung Galaxy M11, é smartphone mais barato da lista. O preço ronda os 150 euros na Amazon.ES, sendo um telefone de gama de entrada. Tem linhas modernas na sua parte frontal com a câmara secundária a perfurar o grande ecrã. A traseira é mais conservadora e está disponível em preto e azul. Para quem procura um smartphone barato e bom, este telefone Samsung é uma boa compra, mas já tem alguma idade uma vez que foi apresentado em janeiro de 2020. 7. Apple iPhone 12 Pro Max - 16,8 milhões de unidades O melhor iPhone para fotografias é o modelo 12 Pro Max, sendo também o telefone Apple mais caro. Destaca-se pelo maior sensor fotográfico face ao modelo 12 Pro, com estabilização no sensor, além de ter uma bateria de maior capacidade e mais autonomia. A Apple consegue a proeza de ter o seu telefone mais caro na lista dos mais comprados em 2020, tendo este modelo chegado ao mercado em outubro de 2020. Mesmo assim, vendeu perto de 17 milhões de unidades. 8. Samsung Galaxy A11 - 15,3 milhões de unidades O Galaxy A11 é um telefone Samsung barato, cujo preço ronda os 150 euros na Amazon.ES. É uma opção de entrada, com caraterísticas básicas, mas um ecrã que ocupa grande parte da área frontal, tendo, aliás, a câmara a perfurar o seu ecrã. Destaca-se pela autonomia de bateria com 4 000 mAh e especificações pouco exigentes. Está disponível em várias cores como o preto e o azul, tendo sido lançado em março de 2020. 9. Xiaomi Redmi Note 9 Pro - 15 milhões de unidades O Redmi Note 9 Pro é o único smartphone Xiaomi a figurar na lista dos mais procurados em 2020. Estamos perante um dos melhores smartphones Android até 200 euros, estando disponível em Portugal nas lojas Mi Store sensivelmente a esse preço. O telefone Xiaomi destaca-se pela câmara fotográfica de 64 MP, além das linhas modernas e elegantes com o ecrã a ocupar grande parte da área frontal, com a câmara secundária a perfurar o ecrã IPS LCD de resolução Full-HD+. 10. Apple iPhone 12 mini - 14,5 milhões de unidades O topo de gama mais compacto da Apple fecha a lista dos smartphones mais procurados no último ano. Tem um poderoso processador, o A14 Bionic a 5 nm, tem um bom ecrã para o seu tamanho e câmaras competentes para qualquer cenário. Peca apenas pela autonomia de bateria, uma consequência das dimensões tão reduzidas do telefone. É rápido, leve (135 gramas) e pequeno 131,5 x 64,2 x 7,4 mm (altura x largura x espessura). Para quem procura um smartphone iOS de gama alta pequeno e poderoso, é uma boa compra. Antes de ires, vê os melhores telefones no mercado, com opções para todos os utilizadores. Aproveita também para descobrir os melhores smartwatch, com os modelos que valem mesmo a pena, todos disponíveis atualmente. 4gnews »

  • Meizu 18 Pro vai ter ecrã fabuloso AMOLED de 6.2 polegadas 2K

    25 Fevereiro 2021 >Esta nova linha de smartphones da empresa, vai incluir a variante base Meizu 18 e ?a variante ?18 Pro. >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Bruno Xarope Android Geek »

  • Huawei P30 e P30 Pro começam a receber EMUI 11

    25 Fevereiro 2021 >Por falar em hardware, o P30 e P30 Pro têm um excelente display, processador Kirin 980 e um sistema de software muito eficiente. >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Joao Bonell Android Geek »

  • OPPO Reno5 K é oficial. Especificações são impressionantes, mas o preço é segredo

    25 Fevereiro 2021 A OPPO continua a trabalhar arduamente para reforçar o seu portefólio de smartphone nos vários segmentos de mercado, arriscando-se mesmo a "inundar" o mercado. A linha Reno5 já recebeu vários modelos, e o OPPO Reno5 K é o mais recente de todos eles. Revelado hoje, o Reno5 K apresenta uma lista de especificações muito interessante, que promete oferecer um nível de performance elevado, colocando-se perto dos smartphones topo de gama. No entanto, apenas de ter sido revelado oficialmente, a fabricante decidiu não revelar o seu preço oficial, sendo ainda um verdadeiro mistério. Foi apenas revelado que o smartphone ficará disponível no mercado chinês a partir do dia 6 de março, não tendo sido ainda revelado qualquer plano para um lançamento global. Especificações do OPPO Reno5 K Ecrã Super AMOLED de 6,43" polegadas com uma resolução Full HD+ e punch hole à esquerda Taxa de atualização de 90Hz Processador Qualcomm Snapdragon 750G 8GB / 12GB de memória RAM 128GB / 256GB de armazenamento (sem possibilidade de expansão) Quatro câmaras traseiras: 64MP + 8MP (ultrawide) + 2MP (macro) + 2MP (profundidade) Câmara frontal de 32 megapixels Leitor de impressão digital no ecrã Bateria de 4,300mAh com suporte para carregamento rápido a 65W Android 11 Ao olharmos para a sua lista de especificações, é fácil perceber que este não é propriamente um smartphone novo, apresentando-se praticamente idêntico ao original Reno5 5G. No entanto, a implementação de um novo processador poderá acabar por fazer uma grande diferença na sua performance geral, seja na realização de tarefas ou simplesmente gestão de consumo de energia. Ainda assim, seria certamente interessante se a fabricante tivesse decidido apostar em algumas melhorias no segmento fotográfico, visto que um dos detalhes menos aliciantes são as suas câmaras secundárias. Vamos continuar atentos a novidades publicadas da fabricante, sendo provável que o preço do OPPO Reno5 K venha a ser revelado durante os próximos dias. Editores 4gnews recomendam: Samsung Galaxy A12: provavelmente o melhor smartphone até 150 € Realme Buds Air 2 TWS: auriculares sem fios com ANC por menos de €40 Clubhouse levanta preocupações de segurança! Dados expostos na internet 4gnews »

  • Oppo mostra mecanismo do Oppo X extensível

    25 Fevereiro 2021 >/>A Oppo revelou mais detalhes sobre o mecanismo que criou para o seu Oppo X com ecrã extensível de desenrolar.>Com o mercado a já ter várias opções no que diz respeito a smartphones com ecrãs dobráveis, os olhos voltam-se agora para os smartphones com ecrãs "extensíveis", como o >Oppo X. Estes smartphones dão um uso diferente à flexibilidade dos ecrãs, que por um lado evita a preocupação com os vincos da dobragem, mas por outro lado obriga a sistemas mecânicos ainda mais complexos para permitirem a sua extensão e retracção - que é o que a Oppo agora partilha, com um vídeo que revela alguns dos pormenores do que se passa no interior do Oppo X.> Algumas parte são relativamente simples, como a estrutura de suporte do ecrã, com lâminas intercaladas, que poderá ser imediatamente familiar para quem tiver algumas das camas de criança do IKEA (e provavelmente outros fabricantes) que se podem transformar de uma para duas camas, mantendo a mesma altura.Mas claro que o problema não é o mecanismo geral, mas sim lidar com todos os detalhes que permitam que um smartphone como este possa resistir à vida no mundo real, para que não se assista a algo como o que aconteceu com o primeiro Galaxy Fold, que se revelou demasiado susceptível a pó e sujidade a poucos dias do lançamento, obrigando a um prolongado adiamento para revisão do mecanismo que o atrasou mais alguns meses. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • O que são os ecrãs Mini-LED?

    25 Fevereiro 2021 >/> Os ecrãs mini-LED vêm dar uma nova vida aos LCDs, reduzindo os seus pontos negativos face aos OLEDs, e nada como saber o que realmente são e como funcionam.>Estamos prestes a assistir a uma nova vaga de ecrãs Mini-LED a chegar ao mercado, em tablets, portáteis, monitores e televisores. Antes de mais, importa desde já esclarecer que estes ecrãs mini-LED nada têm a ver com os ecrãs micro-LED, e que na verdade continuam a ser ecrãs LCD como os que conhecemos há anos.Ao contrário dos ecrãs OLED e micro-LED, que são ecrãs emissivos onde cada pixel é constituído por LEDs que emitem luz, os LCDs são ecrãs constituídos por múltiplas camadas, e que dependem de ter uma fonte de luz atrás do painel LCD para criarem as cores. Quem já tiver passado pela infeliz experiência de ter um ecrã LCD com a "backlight" avariada, saberá que o ecrã ficará completamente preto, apesar de o LCD continuar a actualizar os pixeis que deixam de ficar visíveis. >/> Como criar então uma luz uniforme que abranja toda a área de um ecrã LCD? Poderia pensar-se que se usam um painel cheio de LEDs, mas infelizmente não é o caso. Por motivos de custos, a esmagadora maioria dos LCDs recorre simplesmente a uma faixa de LEDs para iluminação colocados na margem do ecrã, direccionando a luz para um painel difusor que se encarrega de a espalhar da melhor forma possível pela área visível. E é isso que agora está prestes a mudar com a chegada dos mini-LEDs, que abandonam essas faixas de LEDs nas margens e passam a aplicá-los directamente no painel traseiro - e com isso ganhando também a capacidade para fazerem local dimming com muito melhor resolução que os LCDs local dimming das gerações anteriores, que tinham uma quantidade bastante mais reduzida de LEDs. >Embora estes LCDs mini-LED não permitam ajustar a luminosidade pixel por pixel, como acontece num OLED, resultam numa solução de compromisso que melhora os níveis de contraste e que tem a vantagem adicional de também evitar a preocupação com burn-in no caso de aplicações como monitores de computador, que podem ter conteúdos estáticos durante longos períodos, situação não muito recomendável para os ecrãs OLED (apesar de todos os avanços feitos ao longo dos anos). >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Samsung Galaxy A12: provavelmente o melhor smartphone até 150 €

    24 Fevereiro 2021 A Samsung é a maior fabricante mundial de dispositivos móveis, tendo um vasto portefólio de smartphones para todos os segmentos e escalões de preços, mas para quem procura um telefone barato e competente, o Galaxy A2 será uma boa compra. Apresenta-se com caraterísticas técnicas modestas, mas suficientes para garantir uma boa experiência de utilização, sem lentidão ou travamento nas funções essenciais. Agora, o telefone está em promoção na Amazon, custando desde 157,90 € nesta loja online. O Samsung Galaxy A12 tem boa relação preço / qualidade O smartphone Samsung foi apresentado em novembro de 2020. Encontra o telefone Samsung na Amazon.ES Equipado com um ecrã grande de linhas modernas e cantos arredondados, o telefone é bom para aceder às redes sociais como o Facebook, Instagram e WhatsApp. Tem uma grande bateria e boa autonomia para quem precisa de o usar intensamente. O preço recomendado deste smartphone é de 168,00 €, mas agora está com um desconto de 6% que baixa o seu preço para 157. 90 € na versão com 64 GB. Para utilizadores mais exigentes, a versão com 128 GB também está com desconto aplicado. O Samsung Galaxy A12 é relativamente novo, bem construído e pode ser adquirido em preto, azul e branco. Para quem procura um bom telefone Android até 150 euros, com alguns ajustes de preço, será uma compra segura. Especificações principais do Samsung Galaxy A12 Ecrã PLS IPS LCD de 6,5" polegadas com uma resolução HD+ Taxa de atualização a 60 Hz Processador: MT6765 Helio P35 (12 nm) da Mediatek a 2,35 Ghz 3 /4/6 GB de memória RAM 64/ 128 GB d e memória interna Câmara traseira tripla: 48 MP + 5 MP + 2 MP + 2 MP Câmara frontal de 8 MP Bateria de 5000 mAh - carregador incluído Carregamento rápido de 15 W Android 10 - One UI Estrutura em plástico Peso: 205 gramas Dimensões: 164 x 75,8 x 8,9 mm Disponível em preto, azul e branco Preço: desde 157,90 € na Amazon Podemos comprar com segurança na Amazon e receber a encomenda em Portugal Aproveita os portes de envio grátis para Portugal. O processo de compra nesta loja online é simples e seguro, ao passo que o envio das encomendas tende a ser rápido e gratuito em compras a partir de 29 €, ou a partir de 19 € na compra de livros. A Samsung tem alguns dos melhores smartphones do mercado, tendo um telemóvel para cada tipo de utilizador. Note-se também que a gestão da encomenda é feita pela própria Amazon, pelo que estás seguro e precavido contra qualquer imprevisto. Os preços listados são os constantes na plataforma de vendas online à data de redação deste artigo, sendo suscetíveis a alterações por parte do vendedor, utilizando-se links afiliados. Editores 4gnews recomendam: Clubhouse levanta preocupações de segurança! Dados expostos na internet Samsung Galaxy S21 Ultra 5G review: certificado de excelência Realme Buds Air 2 TWS: auriculares sem fios com ANC por menos de €40 4gnews »

  • Apple nunca contará com um dos maiores atrativos do Spotify

    24 Fevereiro 2021 O Apple Music continua a crescer no mercado do streaming de música, mas ainda não consegue igualar o número de utilizadores do Spotify. E a verdade é que isso se deve, em grande parte, ao plano gratuito do serviço sueco. Confrontada com a possibilidade de fazer o mesmo, a Apple descarta essa opção para o serviço Apple Music. A responsável máxima pelo serviço de streaming de música afirmou recentemente que nunca existirá um plano gratuito. Apple Music com plano gratuito nunca acontecerá Numa audição perante o governo britânico, Elena Segal defende que um plano de subscrição gratuita para o Apple Music não tem cabimento. Do ponto de vista económico, essa opção não faz qualquer sentido. Segal reitera a discordância e mal estar da Apple perante os serviços suportados por publicidade. Recorde-se que o plano gratuito do Spotify apresenta publicidades aos ouvintes entre algumas músicas. Do ponto de vista da privacidade do utilizador, a opção por um serviço suportado por publicidades vai igualmente contra as crenças da Apple. Para a empresa americana, essa opção contraria os seus valores fundamentais nessa temática. Dito isto, desenganem-se aqueles que ainda acalentavam a esperança de algum dia poderem entrar no Apple Music através de um plano gratuito. Mesmo que este apresentasse algumas publicidades entre faixas. Um plano individual de subscrição ao Apple Music tem um custo mensal de €6,99. Com esta opção os utilizadores têm acesso a uma biblioteca com 70 milhões de músicas, seja para reprodução online ou offline. Se quiseres abranger até seis pessoas neste serviço, então a melhor opção recai sobre a modalidade familiar, com um custo mensal de €10,99. Cada utilizador terá direito a uma conta própria e poderá usufruir de todas as funcionalidades acima mencionadas. Editores 4gnews recomendam: Apple: novo iMac será o modelo mais colorido de sempre Apple troca Samsung pela BOE para os ecrãs do iPhone 13 Fusão entre iPhone e iPad mini? Só um deles pode morrer 4gnews »