• Benfica B e Oriental empatam 2-2 em jogo particular

    19 Julho 2014 Jogo decorreu no Centro de Estágio do Seixal, à porta fechada. Correio da Manhã » Expresso » Visão »

  • Ganês Daniel Opare sai “tocado” do treino matinal do FC Porto

    18 Julho 2014 Foto: DR O defesa-lateral parou de trabalhar com os restantes companheiros no momento em que se entregavam a uma “peladinha” bastante intensa, já na parte final do ensaio, tendo sido assistido fora do terreno de jogo. De resto, à excepção de Licá, a recuperar de uma entorse no tornozelo, e de Helton, ainda com um longo período de espera até poder trabalhar sem condicionalismos, todo o plantel esteve às ordens de Julen Lopetegui, que, do alto da “torre” montada especificamente para observação dos trabalhos, viu bons golos de Evandro, Adrian Lopez e Ricardo Quaresma. O FC Porto volta a treinar hoje à tarde, à porta fechada, e no sábado termina o estágio com um jogo na cidade belga de Genk, contra o emblema local, da principal liga daquele país, às 19h (18h portuguesas). A equipa regressará ao Porto, em voo privado, logo a seguir ao encontro, sendo que os “dragões” têm a sua apresentação oficial marcada para dia 27 de Julho (domingo), a partir das 17h45, com um jogo frente aos franceses do Saint-Étienne às 19h. O artigo Ganês Daniel Opare sai “tocado” do treino matinal do FC Porto pertence a Porto 24. Porto24 »

  • Sami: “Houve abordagens do Sporting, mas optei pelo melhor”

    17 Julho 2014 Foto: DR Após 5 épocas no Marítimo, uma das quais emprestado ao Fátima, o antigo júnior do Benfica, com 25 anos, revela serem verdadeiras as tentativas do clube leonino, em Dezembro, mas diz que “não passou daí”. “Até chegar a mim, não foi da melhor forma. Mas também não posso falar de algo que não conheço na totalidade. Optei pela melhor coisa e estou muito feliz com a decisão tomada”, disse, esta quinta-feira, o jogador, à entrada para o quinto dia de estágio em Horst, na Holanda. Sobre os objectivos a que agora se entrega, está convicto de que a reconquista do título nacional “vai ser difícil”, embora o plantel se esteja a preparar “da melhor forma possível”. “Esta equipa está a ser montada com esse propósito. De certeza absoluta que vamos devolver a este clube aquilo a que está habituado: ganhar”, diz Sami. Relativamente à Liga dos Campeões, o guineense revela confiança numa boa campanha. “Cresci a ver o FC Porto a ganhar e vou morrer a ver o FC Porto a ganhar. Não se espera outra coisa: sempre que entra em cada jogo é para e ganhar”, refere. O avançado faz um “balanço positivo” dos primeiros dias com o novo emblema e diz que a equipa “tem vindo a fazer bons jogos e bons resultados, com muitos golos”, razão pela qual se podem “tirar as melhores ilações possíveis”. Quanto à muita concorrência para o sector atacante, diz ser “saudável” e que “quem sai a ganhar é o clube, que assim demonstra ter várias soluções”. “Vou trabalhar e tentar demonstrar que sou mais uma opção, pois a decisão é do mister”, recorda Sami, que até se sente à vontade a jogar como ponta-de-lança, conforme aconteceu na segunda parte da goleada frente ao Venlo (6-2), na quinta-feira, que contou com um golo seu. A sua posição mais habitual, nomeadamente a que ocupou nas últimas temporadas, foi a de extremo, sobre a esquerda, mas a “cabeça” do ataque também lhe é familiar: “Na formação fiz essa posição. Mas vou jogar onde o mister achar que posso ser útil à equipa”. Relativamente a Lopetegui, considera que o técnico espanhol “tenta incutir as suas ideias de jogo da forma como vê o futebol”. “Estamos a assimilar e estamos a ter bons resultados”, conclui. Meia-hora extra para 4 jogadores A sessão de treino matinal do FC Porto foi ligeira, com exercícios de recuperação para praticamente todo o plantel, à excepção dos futebolistas Tello, Herrera, Reyes, Graça e Kadu, que esta quinta-feira foram obrigados a meia hora extra. No primeiro dia completo de Christian Tello com os “dragões” em Horst, o jogador emprestado pelo FC Barcelona teve a companhia dos 2 internacionais mexicanos e do jovem da equipa B, que terminaram a sessão com exercícios de finalização, com o guarda-redes Kadú por opositor. O guardião da equipa B foi alvo de trabalho intenso durante mais de hora e meia, com técnico-adjunto Juan Carlos Arevalo a obrigá-lo a intensidades máximas, quer em termos físicos, quer nos exercícios com bola. Para recuperar do desgaste do jogo do dia anterior, uma goleada, por 6-2, sobre o Venlo, da segunda divisão holandesa, o restante plantel apenas fez exercícios de recuperação física, que terminaram com uma praxe aos 4 jogadores da equipa B presentes neste estágio: Rúben Neves, João Graça, Gonçalo Paciência e Kayembé. Licá, a recuperar de uma entorse, e Helton, ainda em fase de tratamento, trabalharam à parte do restante plantel. O FC Porto volta a treinar esta quinta-feira à tarde, à porta fechada, e terá sessão dupla na sexta-feira, dia que antecede o último jogo previsto para este estágio, contra o Genk, na Bélgica. O artigo Sami: “Houve abordagens do Sporting, mas optei pelo melhor” pertence a Porto 24. Porto24 »