• "Acredito que Cavaco pode enviar OE para o TC"

    9 Novembro 2012 Pedro Santana Lopes reafirma que o Presidente da República devia enviar o Orçamento do Estado para o Tribunal Constitucional. Diário Economico »

  • Marcelo elogia Cavaco na defesa de consenso alargado

    8 Novembro 2012 Marcelo Rebelo de Sousa elogiou o Presidente da República por ter defendido a importância de um consenso alargado, político e social. Expresso »

  • Marcelo lamenta que PSD e PS não consigam debater problemas do país e elogia Cavaco

    8 Novembro 2012 O ex-líder do PSD Marcelo Rebelo de Sousa lamentou hoje que sociais-democratas e socialistas não consigam discutir questões fundamentais do país, elogiando as declarações do Presidente da República desta semana em defesa de um “consenso alargado”. Público » DD » SOL »

  • Cavaco Silva 'tem de assumir as suas responsabilidades'

    8 Novembro 2012 O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, exortou hoje em Coimbra o Presidente da República a assumir as suas responsabilidades na proposta de Orçamento do Estado para 2013, enviando o documento para o Tribunal Constitucional. SOL » iOnline » Correio da Manhã » Público » Visão »

  • Cavaco diz que não aceita pressões em matéria de Orçamento

    7 Novembro 2012 O Presidente da República avisa que não aceita pressões no que diz respeito à avaliação do Orçamento do Estado para 2013. Cavaco Silva diz que só ele decidirá se envia ou não o documento para o Tribunal Constitucional. O Chefe de Estado quebrou na noite de terça-feira um longo silêncio que mantinha desde as cerimónias do 5 de Outubro. RTP »

  • Cavaco quebra silêncio sobre Orçamento e critica "apetites de protagonismo"

    7 Novembro 2012 O Presidente da República garante que não se deixa pressionar por quem defende que deve mandar o Orçamento do Estado para o Tribunal Constitucional e que se vai deixar guiar apenas por pareceres jurídicos. Cavaco Silva admite que Portugal venha a necessitar de mais dinheiro mas não concorda que se fale em segundo resgate. Para o Presidente a discussão sobre o papel do Estado é importante, mas tem de envolver todos os partidos. RTP »

  • “Ninguém me pressionará”, afirma Cavaco Silva sobre Orçamento

    7 Novembro 2012 O Presidente da República, Cavaco Silva, garantiu que não vai deixar-se pressionar por quaisquer palpites na avaliação do Orçamento do Estado para 2013. RTP »

  • PR recebe novo presidente do TC

    5 Novembro 2012 O Presidente da República recebeu esta tarde, em Belém, o novo presidente do Tribunal Constitucional. Um encontro que serviu também para dar posse a Joaquim Sousa Ribeiro como Conselheiro de Estado. RTP »

  • Presidente da República recebe líder do PS

    5 Novembro 2012 A Presidência da República anunicou hoje à tarde que Cavaco Silva vai receber António José Seguro em audiência. Expresso »

  • Cavaco Silva recebe presidente do Tribunal Constitucional

    5 Novembro 2012 Com o Orçamento como pano de fundo, o Presidente da República recebe esta segunda-feira à tarde o presidente do Tribunal Constitucional. Cavaco Silva dá posse a Joaquim Sousa Ribeiro enquanto membro do Conselho de Estado. É possível que o Chefe de Estado e o juiz conselheiro falem do Orçamento para 2013. RTP »

  • Presidente da República dá hoje posse ao presidente do Tribunal Constitucional como conselheiro de Estado

    5 Novembro 2012 iOnline » RTP » DD » SOL »

  • Presidente da República não pode “banalizar a função” com comentários sobre a ...

    5 Novembro 2012 Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que o Presidente da República esteve bem ao não se pronunciar sobre a “refundação” do programa da troika, uma vez que se está “a discutir o nada”. Se Cavaco Silva se tivesse pronunciado estaria a “banalizar a função presidencial”. Quando nada há para dizer, o melhor é ficar calado, considerou Marcelo Rebelo de Sousa, no comentário dominical para a TVI. O antigo presidente do PSD considerou “irreal” que os líderes dos dois principais partidos, PSD e PS, tenham passado uma semana “a discutir o nada”, pelo que o Presidente da República esteve bem em manter-se em silêncio. Como chefe de Estado, Cavaco Silva não poderia pronunciar-se sobre “o nada”, pois só iria “banalizar a função presidencial”, argumentou Marcelo Rebelo de Sousa. O comentador político abordava o convite que Pedro Passos Coelho, enquanto primeiro-ministro, endereçou ao líder do maior partido da oposição, o PS, no sentido de negociar a “refundação” do memorando que sustenta o resgate financeiro. Um convite vazio de sentido, “sem conteúdo”, ao qual José António Seguro “respondeu uma coisa igualmente surrealista, ‘eu não quero discutir nada’”. O líder socialista perdeu, no entender de Marcelo Rebelo de Sousa, a “obrigação de destrunfar Passos Coelho”, pois desperdiçou a oportunidade de questionar quais as medidas que o primeiro-ministro defende para vários setores do Estado, como a Saúde e a Justiça. Foi uma semana de política para “encher chouriço” e não debater o essencial, o Orçamento de Estado para 2013, argumentou o comentador da TVI. PT Jornal »

  • Marcelo acusa Passos e Seguro de discutirem o "nada"

    5 Novembro 2012 Marcelo Rebelo de Sousa considera que a proposta de refundação de Pedro Passos Coelho é uma falsa questão. Diário Economico »