• Samsung pode comprar à LG algo muito desejado nas suas Smart TVs

    10 Abril 2021 De acordo com a ET News ou o Seoul Economic Daily, a Samsung Electronics estará perto de comprar milhões de painéis OLED para televisores à LG Display. Algo que seria um negócio histórico. Samsung estará prestes a adquirir painéis OLED à LG Segundo o que é avançado, o alegado acordo vai proporcionar à Samsung receber 1 milhão de painéis OLED na segunda metade deste ano. No próximo ano, a previsão é de que os números possam subir até aos 4 milhões. Se estás familiarizado com a indústria de televisores, sabes que esta seria a primeira vez que a Samsung compraria painéis OLED à LG. Estes têm sido consistentemente vistos como os melhores painéis de uma indústria onde a LG é líder de mercado. São várias as marcas a utilizar painéis OLED nos seus televisores. Falamos de marcas de renome como a Sony, e também a Hisense ou a Vizio. Todas estas têm como fornecedor e a LG Electronics. Recorde-se que, à data, as Smart TVs da Samsung contam geralmente com painéis LCD e tecnologia Quantum Dot em modelos mais caros. Segundo o The Elec, a fabricante sul-coreana terá em vista juntar esta tecnologia de Quantum Dot a painéis OLED. Recorde-se que no final de 2020 a Samsung apresentou ainda a suas primeiras Smart TVs com painel microLED. Esta seria uma boa notícia para quem gosta das Smart TVs da Samsung, mas deseja adquirir um modelo com painel OLED. Resta agora saber se os rumores se vão confirmar nas próximas semanas. A notícia surge numa semana em que a LG anunciou a saída definitiva da marca do mercado de smartphones. Editores 4gnews recomendam: Xiaomi Mi Pad 5 está cada vez mais perto: vê as provas Google reage aos rumores e anuncia oficialmente o Pixel 5a 5G iPhone é mais popular que nunca entre adolescentes nos Estados Unidos 4gnews »

  • Eis quando chega o Android 11 aos smartphones OPPO com a ColorOS 11

    8 Abril 2021 O Android 12 será apresentado na próxima edição da conferência Google I/O agendada para meados de maio. Entretanto, algumas marcas como a OPPO aceleram agora a distribuição da versão atual, o Android 11 que aqui dá corppo à interface ColorOS. A fabricante chinesa revelou a sua ColorOS 11, baseada no Android 11, em janeiro último, incorporando um considerável leque de alterações e personalizações do Android stock com otimizações e funções focadas nos gamers, entre outras adições da OPPO. A OPPO está a preparar a sua ColorOS 11 April 2021 Rollout Plan of #OPPOColorOS11 based on #Android11 is out now! Be sure to save the info so you can have the latest version. ????: Save the dates to apply the Beta Version ????: Get ready for the Official Version ????: Europe users, find your model in the update plan pic.twitter.com/S5Rl2eP8rR — ColorOS (@colorosglobal) 6 de abril de 2021 Aos utilizadores da marca que aguardam pelas novidades vale a pena frisar que a marca distribuirá, em primeiro lugar, uma versão beta, para testes. Esta chegará aos dispositivos Reno Z, A5 (2020), A9 (2020), bem como ao A73 5G a partir de 13 de abril. As regiões contempladas são a Indonésia, Médio Oriente, Índia e Austrália, seguindo a calendarização apresentada infra. A não disponibilização na Europa prende-se com as exigências impostas pelo RGPD em vigor. Por outro lado, o programa de testes não contempla a Europa, pelo que temos de aguardar pela versão pública e estável. Mais concretamente a versão oficial, pública e preparada para o mercado europeu. A calendarização, tal como a revelou a fabricante através do seu Twitter, é a seguinte: Os seguintes telefones OPPO receberão a versão estável e oficial da ColorOS 11: Find X2 Find X2 Pro (e respetiva edição Automobili Lamborghini Edition) Find X2 Lite Find X2 Neo F17 Pro Reno 4 F Reno 4 4G Reno 4 Pro 4G Reno 4 Z 5G Reno 4 Lite Reno 10x Zoom Reno 3 4G Reno 3 Pro 5G Reno 2 F A9 A93 A92 A72 A52 F11 F11 Pro (e respetiva edição Marvel’s Avengers Limited Edition) F15 Por fim, de acordo com a fabricante a atualização será distribuída de forma gradual e faseada. Posto isto, os utilizadores de smartphones OPPO deverão esperar até receberem a notificação de atualização disponível nos seus telefones. Alternativamente podem verificar a sua disponibilidade em Definições > Atualização de Software. Editores 4gnews recomendam: Twitch banirá utilizadores por má conduta mesmo fora da plataforma Samsung toma grande medida num dos novos smartphones da linha A 10 jogos premium para Android temporariamente grátis na Play Store 4gnews »

  • Xiaomi Mi 11 Ultra desmontado em vídeo oficial

    7 Abril 2021 >?O vídeo de desmontagem do smartphone revela, que há boa utilização do espaço no dispositivo. Há um enorme módulo de câmara no canto superior esquerdo, juntamente com camadas de NFC, bobinas de ??carregamento sem fios?? e baterias empilhadas.? >Publicado primeiro em >AndroidGeek - O maior site de Android em Português escrito por >Bruno Xarope Android Geek »

  • 7 smartphones LG que nos deixarão saudades

    7 Abril 2021 A LG está de saída no mercado dos smartphones após anos de prejuízo. A decisão foi veiculada a 5 de abril, dando início à gradual desativação deste setor, processo com término previsto para o dia 31 de julho de 2021. Não teremos mais smartphones LG. Recordemos então alguns dos seus produtos mais irreverentes, aqueles smartphones que nos despertaram a curiosidade e, volvidos meses ou anos, continuam a merecer a nossa estima. Independentemente do seu sucesso no mercado, estes foram os smartphones LG que, ao longo dos anos, nos marcaram. 1. LG Nexus 5: o excelentíssimo Android Em novembro de 2013 a LG lançaria um dos melhores smartphones Android a chegar ao mercado. Estreou o carregamento sem-fios com o padrão Qi, algo que viria a tornar-se numa visão comum desde 2020, sendo a LG pioneira neste campo. O telefone destacou-se pelo bom preço e por usar o Android "stock", a versão pura fornecida pela Google. A interface otimizada tornava-o mais rápido que a maioria dos telefones Android de então, valendo-lhe boas críticas. A quem procurava um smartphone Android com excelente relação preço / qualidade, este era o telefone a ter. Foi muito cobiçado pela comunidade mais ávida pelo sistema operativo da Google. 2. LG G2: a melhor alternativa aos Samsung Em agosto de 2013 a LG era uma das maiores fabricantes de dispositivos móveis e com o lançamento do LG G2 a marca tinha um telefone preparado para competir com a maior rival, Samsung. Por momentos, a LG quase ultrapassou a sua conterrânea. O LG G2 estreou a configuração de botões traseiros, um atalho de conveniência para controlar diversos aspetos do telefone com os três botões abaixo da câmara principal. O smartphone foi bem aceite no mercado, colhendo boas críticas. O seu design era bastante atraente para a época, com linhas arredondadas e harmoniosas. Deu-nos um primeiro contacto com a LG UX e todas as suas animações que dividiriam opiniões. 3. LG G Flex: estranhamente atraente Em dezembro de 2013 a LG apresentava o seu LG G Flex, um smartphone ligeiramente curvo e, como o nome indica, podia fletir. Isto era possível graças à utilização pioneira de um ecrã P-OLED (flexível), bem como uma bateria especialmente concebida. Tal como borracha, o telefone podia dobrar ligeiramente sem sofrer danos irreversíveis. Este era o seu ponto de venda, um smartphone fino com traços arredondados e um formato ligeiramente curvo que lhe dava um aspeto mais orgânico. Infelizmente, foi um daqueles produtos que admiramos na loja mas que dificilmente compraríamos. A resolução de ecrã era modesta e o ecrã de 6 polegadas era - em 2013 - visto como gigante e condicionou a sua compra. Foi irreverente, mas isso não bastou. 4. LG G3: ambição a qualquer custo Após o sucesso do LG G2, a fabricante apresentou o LG G3 em junho de 2014. O então topo de gama seria o primeiro smartphone a chegar ao mercado com ecrã de alta resolução Quad-HD (1440 x 2560 pixeis) com uma densidade de 538 ppp. Destacou-se pelo belíssimo ecrã, construção arrojada com linhas mais fortes e por ter o primeiro sistema de autofocagem da câmara auxiliado por laser - laser AF. Infelizmente a autonomia de bateria sofreu imenso, bem como as instabilidades do sistema operativo. O LG G3 trouxe caraterísticas ambiciosas para o mercado, mas foi sabotado pela má autonomia de bateria e fraca otimização de software. As críticas ao smartphone foram negativas. 5. LGV10 - o gigante simpático Em 2015 chegaria ao mercado um bruto smartphone da LG. Bruto no sentido de ser um dos primeiros smartphones "à prova de crianças" como a fabricante o diria na sua campanha de marketing, aludindo à certificação de resistência MIL-STD-810G. O LG V10 era construído como um tanque, tendo uma capa traseira rugosa e de tato áspero, ladeado por duas colunas metálicas que aumentavam a sua robutez e solidez de construção. Era grande, impressionante, realmente bruto (no bom sentido da palavra). Além da robustez, o LG V10 foi pioneiro na implementação do ecrã secundário - uma aba superior no ecrã - onde podíamos colocar a nossa assinatura, alguns atalhos ou vislumbrar as notificações. Era diferente, mas um "bom" diferente. O LG V10 colheu críticas razoáveis, sendo geralmente bem aceite. O seu design não era para todos os palatos. 6. LG G5: sonhos modulares desconstruídos Foi provavelmente o smartphone LG que mais prazer me deu durante o período de testes. Apresentado em fevereiro de 2016 o LG G5 f oi mais um pioneiro no mercado. Trouxe-nos a ideologia modular aplicada a um smartphone topo de gama e muito mais! Podíamos trocar a ssua bateria ao desmontar o telefone, colocando outra para mais horas de uso. Podíamos colocar um "grip" com bateria e botões dedicados para a câmara fotográfica, ou até um "DaC" da Harman&Kardon para maior qualidade de áudio. Os " LG&Friends " representavam o ecossistema de acessórios e extensões para este topo de gama que viriam a ficar na gaveta. A qualidade de construção era boa, mas sem certificação IP e a autonomia de bateria era sofrível. Foi também o primeiro smartphone a introduzir uma câmara secundária com objetiva ultra-grande angular, além da câmara principal convencional. Desde então, esta seria a rota seguida pela LG, a aposta na grande angular. Onde o Project Ara da Google sonhou, a LG executou com os seus "Friends", infelizmente de curta duração. Já a implementação da objetiva ultra-grande angular foi mais bem-sucedida. 7. LG Nexus 5x: a alternativa barata em plástico Em setembro de 2015, em colaboração com a Google, a LG lançaria o LG Nexus 5X, uma homenagem ao grande Nexus de outrora, também ele construído integralmente em plástico, mas agora sem o carregamento sem-fios que pautou o 1.º telefone. Este Nexus chegou a par com o telefone da Huawei, o Nexus 6P brilhantemente construído em metal, empalidecendo imediatamente perante o seu companheiro. À fraca qualidade de construção somou-se o problemático processador Snapdragon 808 da Qualcomm. Tendo ainda assim o mérito de ser acessível, ter um ecrã razoavelmente bom e altifalantes duplos frontais, bem como o Android puro fornecido pela Google, o Nexus 5X seria uma nota de rodapé na história. Foi, a par do Nexus 6P, o último desta gama da Google. O LG Nexus 5X foi a alternativa barata ao Nexus 6P da Huawei. As críticas foram mistas. Extra - LG V20: o desejado Em setembro de 2016 a LG lançaria provavelmente o seu melhor smartphone Android. Tinha todos os bons atributos do "gigante simpático" que o precedeu, mas agora num invólucro que qualquer utilizador podia usar e mostrar, sem receios. O LG V20 era excelente. Tinha a certificação MIL-STD-810G, mas uma elegante construção metálica. Possuía um excelente motor de áudio com o DaC certificado pela B&O, sendo um bastião para audiófilos que procuravam um smartphone Android. O sistema de câmaras era muito competente, ótimo para vídeo pelos padrões de então. Tinha o ecrã secundário e um bom ecrã. Tinha tudo para dar certo, mas tardou em chegar ao mercado e não chegou a estar disponível em muitos mercados importantes. Erro estratégico ou de outra índole, o LG V20 seria condenado pela fraca visibilidade no mercado quando tinha tudo para triunfar. Editores 4gnews recomendam: Descarrega aqui os wallpapers oficiais do Xiaomi Mi MIX Fold e Mi 11 Ultra Starlink, a Internet de Elon Musk chega a Portugal até junho, diz ANACOM WhatsApp dará aos utilizadores Android e iOS função muito pedida! 4gnews »

  • LG abandona oficialmente o mercado de smartphones e dispositivos móveis

    5 Abril 2021 A sul-coreana LG está oficialmente fora do mercado de smartphones. Nesta segunda-feira (5) de abril a tecnológica anunciou a sua decisão, agradecendo aos fãs, seguidores e consumidores pelo apoio que recebeu ao longo dos anos, mas está agora de saída. A decisão foi aprovada pela estrutura interna da empresa, com a atenção e recursos até então dedicados aos smartphones a repousar daqui em diante nos veículos elétricos, produção de componentes, eletrodomésticos, IoT, robótica e soluções empresariais. Fim da linha para os dispositivos móveis da LG View this post on Instagram A post shared by LG Mobile Global (@lgmobileglobal) A situação da divisão móvel da empresa era precária há vários anos, não conseguindo reverter os prejuízos fiscais sucessivos. Face a tal cenário, a empresa passou por diversas reestruturações deste problemático setor, sem conseguir inverter a tendência. Desse modo, nos últimos meses grassavam rumores que apontam este mesmo desfecho. Algo que agora a própria marca acaba por confirmar, garantindo que o atual stock de telefones serão vendidos pelos retalhistas e continuarão a ter suporte e assistência. Ainda assim, o processo de encerramento da divisão móvel estará completo até ao dia 31 de julho, data apontada pela fabricante para a desativação deste braço empresarial. A sua última "aventura" neste mercado foi liderada pelos LG Wing e LG Velvet. Wing e Velvet, os últimos smartphones da LG O futuro da empresa focar-se-á junto do mercado de redes móveis, com a pesquisa a focar-se já no padrão 6G. Entretanto, reforçarão outros setores lucrativos como o dos ecrãs, televisores, tecnologia de consumo, bem como o de componentes para automóveis. A decisão de empresa é final, sendo dada a conhecer através de comunicado à empresa. É o fim da linha para os smartphones Android da tecnológica, bem como os tablets e smartwatches ou relógios inteligentes da LG. A tecnológica, por fim, publicou alguns esclarecimentos na sua página oficial. Aí confirmou que alguns dispositivos continuarão a receber atualizações de software para a versão Android 11 e também para o Android 12. Editores 4gnews recomendam: Realme Buds Air 2 Neo: auriculares Bluetooth baratos prometem muito Amazfit Bip S: compra o smartwatch barato em promoção Xiaomi Mi Band 6: 3 razões para comprar a nova smartband 4gnews »