• Júpiter é quase tão velho quanto o próprio sistema solar

    19 Junho 2017 >/>Há muito que os astrónomos suspeitavam que Júpiter seria um dos planetas mais velhos do nosso sistema solar, mas um novo estudo vem revelar que será ainda mais velho do que se pensava, tendo praticamente a idade do nosso Sol.>Segundo um estudo da Universidade de Munster na Alemanha, Júpiter já teria um núcleo 20 vezes maior que o planeta Terra >apenas 1 milhão de anos após a formação do nosso Sol há 4.6 mil milhões de anos. Um período de tempo que é bastante reduzido à escala cósmica, mas que serviu como um grande (literalmente) estabilizador na formação do sistema solar, protegendo os planetas nas órbitas interiores, como a Terra.Será essa a principal razão pelo qual no nosso sistema solar não existem "super-Terras" como as que têm sido encontradas com bastante frequência noutros sistema solares, pois Júpiter terá absorvido grande parte da matéria que estava disponível nesse período de formação do nosso sistema solar.Será caso para agradecer a este velho gigante nosso vizinho... quem sabe como as coisas poderiam ter acontecido se ele não existisse? Muito provavelmente não estaríamos aqui a esta hora a tentar imaginar todas as potencialidades do cosmos... mas por outro lado poderíamos também já ser uma raça que se tinha expandido por centenas de planetas de outros sistemas solares. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Júpiter eleva número de luas para 69

    15 Junho 2017 >/>Não é que Júpiter tivesse falta de luas, mas os astrónomos descobrem duas novas luas que elevam o seu total para 69, conhecidas até ao momento.>Júpiter já acumula inúmeros recordes no nosso sistema solar, como o facto de ser o maior e mais velho planeta; e mesmo quando se pensava conhecer todos os seus segredos, eis que se revela que afinal ele tem ainda mais luas do que se imaginava. Para além das 67 já conhecidas, temos agora >duas novas luas com os nomes pouco artísticos de S/2016 J 1 e S/2017 J 1 (mas com 69 luas, sem dúvida que seria um desafio dar nomes decentes a todas elas).A descoberta destas novas luas foi um acidente feliz, pois o astrónomo?Scott Sheppard e a sua equipa estavam a procurar objectos distantes no sistema solar, com o objecto de encontrar o misterioso "Planeta X" que alguns astrónomos acreditam existir, e deu-se o caso de Júpiter estar na mesma área que estavam a observar em 2016 e 2017.Considerando que estas luas têm cerca de 1 ou 2km de diâmetro, sem dúvida que era preciso um olhar bastante atento para as descobrir. Mas foi precisamente o que aconteceu, e assim se distancia ainda mais do segundo classificado, Saturno. (Oficialmente, tanto Júpiter como Saturno têm 53 luas, mas Saturno tem apenas 9 luas "por confirmar", enquanto que Júpiter já vai com 16 - daí o tal de 69 luas.) >> >> >> Aberto até de Madrugada »