• Apple prepara subscrições agrupadas Apple One

    13 Agosto 2020 >/>Com um número crescente de serviços com mensalidades, a Apple prepara modalidades que englobam vários serviços com descontos associados.>Espaço extra no iCloud, Apple Music, Apple TV+, Apple Arcade, Apple News+; há todo um conjunto de serviços da Apple com mensalidades que a empresa pretende simplificar com o agrupamento das mesmas em >pacotes "Apple One".Infelizmente, embora a medida pretenda competir com o Amazon Prime, que engloba inúmeros serviços da Amazon numa só subscrição, ainda não será propriamente um serviço de subscrição universal para tudo o que existe da Apple. Continuará a haver diferentes modalidades, com uma versão base do Apple One a dar acesso apenas ao Apple Music e Apple TV+, com opções de adicionar o Apple Arcade ou Apple News+; e outra mais cara, que também incluirá espaço no iCloud.Os preços e serviços ainda estão a ultimados, mas o objectivo será proporcionar um desconto mensal entre $2 a $5 face à subscrição dos mesmos serviços em separado. Estas novas subscrições Apple One deverão ser apresentadas em Outubro, a par da apresentação dos iPhone 12. Resta saber se a Apple irá manter a inclusão de um ano de Apple TV+ para quem comprar um iPhone, iPad, Apple TV, ou se deixará de o fazer para incentivar a adesão a estes novos pacotes. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Apple Watch começa a receber uma das funcionalidades mais desejadas

    13 Agosto 2020 Durante muito tempo os utilizadores Apple Watch pediram pela implementação de uma funcionalidade de monitorização de sono. O seu pedido foi finalmente atendido e oficialmente apresentado na WWDC deste ano, com a revelação do watchOS 7. Graças à disponibilização da beta do watchOS 7, a Apple começa a disponibilizar aos seus utilizadores a funcionalidade que tanto desejavam. Os Apple Watch Series 3, 4 e 5 já a podem testar, desde que usem a versão beta do seu novo sistema operativo. Como funciona a monitorização de sono no Apple Watch Como o nome indica, esta funcionalidade chega com o intuito de dar-te uma perceção mais detalhada dos teus padrões de sono. Dados que serão recolhidos pelo Apple Watch utilizando vários sensores que monitorizarão os movimentos dos braços ao longo da noite. Com a instalação do watchOS 7 uma nova aplicação chamada "Sleep" será instalada no teu Apple Watch. Será com recurso a essa app que poderás configurar a monitorização de sono no teu gadget. Da primeira vez que abrires a aplicação, terás algumas configurações iniciais para fazer. Uma delas será definir objetivos de horas de sono e introduzir as horas a que normalmente adormeces e acordas. Isto será fundamental para ajudar o teu Apple Watch a perceber se cumpriste o objetivo ou não. Outra das funcionalidades da monitorização de sono dá pelo nome de "Wind Down". Este é um modo de relaxamento de que poderás usufruir antes de ir dormir. Mas tendo em conta que ele aciona o modo Não Perturbar, muita gente poderá dispensar esta opção. De referir ainda que o modo de sono trará também lembretes para colocares o Apple Watch a carregar. Estes pretendem garantir que não fiques sem bateria durante a noite, caso contrário a monitorização de sono não irá, obviamente, funcionar. Versão final do watchOS 7 chega no outono A Apple ainda não divulgou a data para o lançamento da versão final do watchOS 7. Ainda assim, e atendendo a anos anteriores, o software deverá ficar disponível para todos os equipamentos compatíveis no outono. Esta versão não trará apenas a tão esperada monitorização de sono. O watchOS 7 promete ainda melhores informações no ecrã principal, partilha de watch faces, mais detalhes de treino e um lembrete para lavares as mãos. Editores 4gnews recomendam: iPhone 12 deve chegar mais tarde que o previsto. Apple Watch e iPad muito perto Apple lança Apple Music em Beta com novas funcionalidades para desktop Apple One será a nova aposta da empresa e tem tudo para lhe dar rios de dinheiro 4gnews »

  • Apple One será a nova aposta da empresa e tem tudo para lhe dar rios de dinheiro

    13 Agosto 2020 Já lá vão os tempos em que os iPhones eram a principal fonte de receita da Apple. Os seus smartphones continuam a ser bastante lucrativos para a empresa, mas já não são os que lhe dão mais dinheiro. Esse título pertence agora aos seus serviços. Numa tentativa de aumentar ainda mais esses lucros, fala-se agora que a americana está prestes a lançar o programa Apple One. Este deverá ser apresentado aquando dos iPhone 12 e a ideia é criar pacotes com os serviços da Apple. Apple One quer reunir várias subscrições num só pacote Segundo o que a Bloomberg está a avançar, o Apple One será constituído por vários pacotes de subscrição. O mais barato deverá começar nos 12.99 dólares e incluirá uma subscrição do Apple Music e Apple TV+. Atualmente, em Portugal, subscrever estes dois serviços poderá ascender um custo total de 15.98€ por mês. Ora, se és um assíduo utilizador destes dois serviços, só terás vantagens em aderir ao pacote base do Apple One. Existirão mais pacotes ao dispor dos utilizadores, onde poderão ser adicionados outros serviços como o Apple Arcade, Apple News+, iCloud ou mesmo um novo serviço de fitness que a empresa poderá revelar no outono. Obviamente que quantos mais serviços tiver o pacote, mais cara será a mensalidade. Ainda assim, tudo indica que aderir aos pacotes do Apple One ficará bem mais económico que subscrever os mesmos serviços individualmente. A diferença, ao final do ano, poderá ser significativa. Compra de hardware continuará a ter os seus incentivos Atualmente, na compra de um dispositivo da Apple, a empresa oferece um ano de subscrição do serviço Apple TV+. Mesmo com a introdução do Apple One, este género de ofertas não deixará de existir. Um dos rumores é que quem comprar uma Apple TV, terá direito a um ano gratuito do Apple Arcade. Já quem adquirir um iPhone ou iPad irá receber sugestões de pacotes conforme os serviços que habitualmente usa. Esta ideia tem tudo para ser mais uma mina de dinheiro para a Apple. Os últimos meses mostram-nos que os serviços da Apple são cada vez mais populares e esta estratégia tem tudo para aumentar ainda mais a sua adoção. Editores 4gnews recomendam: iPhone 12 deve chegar mais tarde que o previsto. Apple Watch e iPad muito perto Apple lança Apple Music em Beta com novas funcionalidades para desktop Apple prepara o lançamento de um iPhone muito questionável para a primavera 4gnews »

  • iPhone 12 deve chegar mais tarde que o previsto. Apple Watch e iPad muito perto

    13 Agosto 2020 A Apple tem por hábito lançar os novos iPhone nas primeiras semanas de setembro. Mas ao que indicam as últimas informações, os iPhone 12 apenas serão apresentados a 12 de outubro. Esta é uma informação avançada por Jon Prosser. É bom ter em conta que esta fonte já se revelou várias vezes acertada no que diz respeito a produtos Apple, tendo inclusive divulgado atempadamente a data de lançamento do iPhone SE. New, adjusted Apple dates!Apple Watch & iPad- Via press release- Week 37 w/c Sep 7iPhone 12 event- Week 42 w/c Oct 12iPhone 12 devices - Preorders week 42 w/c Oct 12- Shipping week 43 w/c Oct 19iPhone 12 Pro devices- Preorder and shipping in Nov (no exact date yet) — Jon Prosser (@jon_prosser) 12 de agosto de 2020 É bom recordar que a Apple confirmou recentemente que os iPhone 12 iriam ficar disponíveis daqui a umas semanas. Não surpreende que estas datas possam estar efetivamente corretas. Para quem quer comprar um novo Apple Watch ou iPad, não terá de esperar tanto. Ao que indica a mesma fonte, o Apple Watch Series 6 e o novo iPad de entrada serão apresentados a 7 de setembro. A mesma fonte refere que as pré-vendas dos iPhone 12 serão iniciadas a 12 de outubro, com os envios a ocorrerem a partir de dia 19. Já os iPhone 12 Pro, segundo esta fonte, só estarão disponíveis em novembro. Deves levar esta informação com uma pitada de sal, já que o próprio Jon Prosser refere que estas datas podem sofrer alterações. Só o poderemos confirmar quando tivermos informação oficial da Apple. Editores 4gnews recomendam: Apple prepara o lançamento de um iPhone muito questionável para a primavera Google Maps fica ainda melhor nos carros com CarPlay e no Apple Watch iPhone 12 será o smartphone mais potente do mercado. Sabe porquê 4gnews »