• NASA: processador da Perseverance corre a 200 MHz e custa 200 mil dólares!

    25 Fevereiro 2021 Com a chegada da pandemia da Covid-19 poucos são os que ainda não se queixaram com a subida generalizada dos preços do hardware informático mais recente. Mas da próxima vez que te queixares lembra-te que a NASA pagou 200 mil dólares por um processador que corre a 200 MHz para equipar a rover Perseverance que colocou há dias em Marte. A ideia parece um pouco descabida mas temos de considerar que se trata de um componente essencial e que foi desenhado para resistir às condições extremas do planeta vermelho. Simplicidade é a chave do sucesso em Marte Imagem do processador RAD750 que equipa a Perseverance Segundo informações descobertas recentemente, a tecnologia que compõe o Rover Compute Element (RCE) foi reduzida ao máximo para se focar no desempenho. Claro que estamos a falar numa capacidade de processamento inferior à da maior parte dos computadores atuais, mas estas são circunstâncias muito especiais. O chip em questão tem uma dimensão de 130mm e a sua velocidade de relógio varia entre os 110 e os 200 MHz. É alimentado por uma fonte de apenas 5W e está já presente em mais de 250 aeronaves, segundo avança a fabricante. O RAD750 desfruta de uns incríveis 256 MB de memória RAM e obriga ao recurso de uma caixa eletrónica quente que serve para manter a temperatura do sistema constante. Perseverance tem de aguentar cenários extremos A rover aguenta temperaturas entre os -55 e os 125 graus Celsius, mas o mais curioso é a sua resistência à radiação. Talvez seja aqui que o preço se comece a justificar, já que este processador consegue suster radiação até 10,000 Gray, sendo que 6 Gray são o suficiente para matar um ser humano. Os engenheiros da NASA contam que o sistema consiga funcionar em pleno durante 15 anos, prevendo falhas posteriores motivadas por fatores externos. É incrível perceber como um pedaço de tecnologia que parece tão ultrapassado é capaz de nos ajudar a explorar um planeta longínquo que sonhamos um dia poder visitar. Editores 4gnews recomendam: Histórico! NASA mostra aterragem da Perseverance em Marte (vídeo) NASA vai colocar helicóptero em Marte! Mas não é bem o que julgas NASA: novo telescópio vai estudar os segredos da origem do Universo 4gnews »

  • Histórico! NASA mostra aterragem da Perseverance em Marte (vídeo)

    23 Fevereiro 2021 O veículo Perseverance da NASA já está na superfície de Marte há alguns dias mas a agência decidiu mostrar as primeiras imagens em vídeo da incrível aterragem do rover no planeta vermelho. Podemos agora assistir a um momento histórico, completo desde o alinhamento com a cratera Jezero até ao final da descida e momento em que toca no solo marciano. As imagens agora disponibilizadas pela Agência Espacial dos EUA começam a mais de 11 quilómetros da superfície de Marte acompanhando todo o complicado processo de remoção da proteção térmica que protegia a Perseverance enquanto entrava na atmosfera do planeta. NASA oferece vista privilegiada do planeta vermelho Your front-row seat to my Mars landing is here. Watch how we did it. #CountdownToMars pic.twitter.com/Avv13dSVmQ — NASA's Perseverance Mars Rover (@NASAPersevere) 22 de fevereiro de 2021 Talvez a parte mais interessante seja mesmo facilitar a compreensão da forma como funciona a grua que ajuda a colocar o veículo autónomo no solo. Depois de cumprir a sua missão o instrumento desaparece de forma a não interferir com o funcionamento da Perseverance. As 23 câmaras presentes no aparelho permitem uma melhor compreensão de todo o processo, não deixando margem para dúvidas em relação à sua complexidade. Um dos momentos mais arrepiantes é quando vemos todo o pó vermelho a movimentar-se pela força da desaceleração do veículo e processo de aterragem, denominado como "touchdown." É uma visão fabulosa de um novo mundo, que muitos acreditam poder vir a funcionar como uma segunda casa para a Humanidade, num processo de colonização que está já a ser estudado. Perseverance transmite os primeiros sons de Marte Now that you’ve seen Mars, hear it. Grab some headphones and listen to the first sounds captured by one of my microphones. ???? https://t.co/JswvAWC2IP #CountdownToMars — NASA's Perseverance Mars Rover (@NASAPersevere) 22 de fevereiro de 2021 Logo depois da aterragem a NASA ligou os microfones da Perseverance, uma novidade para a missão deste ano. O InSight havia já sido capaz de gravar sons, mas a partir da tradução de vibrações detetadas nos seus painéis solares. A Perseverance é a primeira a transmitir para a Terra os primeiros sons reais do planeta vermelho. Como seria de esperar, não há muito barulho e a atmosfera parece até um pouco retirada de um filme de terror. Apesar disso, é um momento inesquecível e que com certeza perdurará na memória da equipa e dos que assistiram a mais um episódio histórico que leva a Humanidade bem para além do seu mundo. Editores 4gnews recomendam: NASA vai colocar helicóptero em Marte! Mas não é bem o que julgas NASA: novo telescópio vai estudar os segredos da origem do Universo Objeto misterioso que passou pela Sistema Solar pode ser tecnologia alienígena 4gnews »

Títulos da Imprensa nas últimas 24h: