• Maior acordo comercial do mundo está prestes a nascer na Ásia

    12 Novembro 2019 2020 deverá ser o ano em que 15 países asiáticos se unem para assinar o maior acordo comercial do mundo. Jornal de Negócios »

  • China anunciou acordo com Estados Unidos para redução das taxas alfandegárias

    8 Novembro 2019 >A guerra comercial entre os Estados Unidos e a China terá chegado ao fim visto que o Governo de Pequim anunciou um acordo para reduzir as taxas alfandegárias. >Gao Feng, porta-voz do ministério chinês do Comércio, afirmou que os dois países chegaram a um acordo para reduzir gradualmente as taxas alfandegárias adicionais que entraram em vigor.>Essa redução progressiva permitirá aos dois países estenderem o período de negociações para se chegar a um entendimento final, segundo Gao Feng.>No entanto a tensão vigente entre os dois países e o fim desta guerra comercial não será sem consequências, nem num ambiente tranquilo.>O diretor geral da empresa chinesa de telecomunicações Huawei, Ren Zhengfei, afirmou que se o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, quiser conversar e negociar com a Huawei, ele ter-se-ia de deslocar à China.>Isto numa alusão à recente pressão que o governo norte-americano fez sobre os negócios do fabricante de telemóveis ao colocá-la na lista negra comercial do país, em Maio deste ano.>Os Estados Unidos acusam a empresa chinesa de espionagem e de roubo de dados. A Huawei é o segundo maior fabricante de telemóveis do mundo e domina o mercado de equipamentos de rede móvel. Aliás estão a tentar entrar em todos os mercados mundiais com a tecnologia 5G. O fim da guerra comercial poderá acabar com às restrições dos Estados Unidos contra a Huawei.>De notar que o Presidente norte-americano Donald Trump afirmou que não haveria uma supressão das taxas alfandegárias, mas um acordo comercial entre os dois países deverá ser assinado nos Estados Unidos. RFI »

  • China diz que há acordo com EUA para eliminar taxas aduaneiras

    7 Novembro 2019 Pequim diz que os dois países vão eliminar gradualmente as taxas alfandegárias sobre as importações mútuas. Ainda não se conhece data para assinatura do acordo que poderá pôr fim à guerra comercial./> Público »

  • China anuncia acordo com EUA para redução gradual de taxas alfandegárias

    7 Novembro 2019 A anulação parcial das taxas é uma condição para a realização de um acordo definitivo, disse Gao. "Se a China e os Estados Unidos chegarem a um acordo nesta 'primeira fase', os dois lados deverão eliminar as taxas em simultâneo e na mesma proporção", acrescentou o porta-voz do ministério chinês do Comércio O Jornal Económico »

  • China anuncia acordo com EUA para redução gradual de taxas alfandegárias

    7 Novembro 2019 /> A China anunciou hoje que concordou com os Estados Unidos reduzir "progressivamente" as taxas alfandegárias adicionais sobre bens importados um do outro, à medida que os dois países avançarem nas negociações por um acordo comercial. RTP »