• Itália multa Apple por iPhones à prova de água sem garantia contra danos por líquidos

    1 Dezembro 2020 >/>A entidade reguladora italiana multou a Apple em 10 milhões de euros por publicidade enganosa quanto à resistência à agua dos iPhones.>A entidade diz que a Apple pratica >publicidade agressiva e enganosa quanto aos iPhones e a sua resistência à água, não esclarecendo que isso apenas é válido para um conjunto restrito de condições. Diz ainda que a empresa engana os consumidores, pois apesar de os anunciar como sendo à prova de água, não aceita activar a garantia no caso de iPhones com danos causados por líquidos, nem tão pouco disponibiliza reparações fora da garantia para esses casos.De lembrar que antes da Apple oficializar a resistência à água dos iPhones, já tinha começado a implementar protecções que os tornavam resistentes à água, mas sem que isso fosse apresentado como característica. Esta multa de 10 milhões vem demonstrar que se calhar teria sido melhor que assim tivesse permanecido, já que a resistência à água é vista por muitos como sendo uma carta em branco para poderem usar um iPhone (ou outro smartphone) como câmara subaquática, quando na verdade deveria ser visto apenas como uma protecção adicional contra quedas acidentais (de curta duração) na água.O caso não é propriamente novo, e já em 2015 a Sony teve que vir dizer expressamente que ter um smartphone à prova de água não significa que o mesmo >deva ser usado debaixo de água. Aliás, há modelos em que a sua resistência à água pode ser comprometida assim que se carregar num dos seus botões físicos. De qualquer forma, se calhar uma multa destas de vez em quando nem fará muito mal, para que os departamentos de marketing ganhem alguma moderação nas promessas que são insinuadas aos consumidores. >> >> >> Aberto até de Madrugada »

  • Apple enfrenta multa milionária devido à resistência à água dos iPhone

    30 Novembro 2020 A americana Apple vê-se novamente envolvida em polémica relativamente às suas práticas de marketing. Em causa, está a forma como a empresa classifica os seus iPhone como resistentes à água. A entidade para a concorrência italiana decidiu multar a Apple em 10 milhões de euros devido a esta temática. Uma decisão à qual a tecnológica americana se escusa de prestar declarações, pelo menos por enquanto. Apple acusada de marketing agressivo e enganador No documento publicado pela entidade reguladora italiana, a última classifica a forma como a Apple publicita a resistência à água nos seus iPhone como "agressiva e enganadora". Alegadamente, a tecnológica falha em clarificar sob que circunstâncias se aplicam essas condições. Estas acusações surgem depois de vários relatos em que a Apple se recusou a prestar apoio técnico a dispositivos danificados por líquidos. Diferentes formas de interpretar as certificações IP estão no seio de muitas controvérsias a envolver empresas e utilizadores. No documento da entidade italiana são tecidas críticas às isenções de responsabilidade da Apple nestes casos. Nelas estão dispostos casos em que a empresa não cobre equipamentos danificados por líquidos e posterior escusa de apoio técnico, o que é encarado como enganador para os consumidores. Em boa verdade, este é um tema sensível e aberto a várias interpretações. Pode ler-se nos temos das certificações IP que os equipamentos aprovados podem ser submersos durante um determinado período de tempo, até uma certa profundidade. Por vezes estes acontecimentos correm bem para os utilizadores, mas é quando algo de menos bom sucede que começa a controvérsia. Muitos são os casos em que as empresas alegam mau uso do equipamento para não prestar assistência. Esta multa dirigida à Apple traz novamente o tema para a ordem do dia. Veremos se a americana irá aceitar a sanção ou se irá ripostar para se livrar de mais uma coima milionária. Editores 4gnews recomendam: iPhone 13 pode ter uma das melhores características do Samsung Galaxy Note 20 Ultra iPhone 12 mini: a nostalgia à prova de futuro (vídeo) Xiaomi afasta Apple do pódio das vendas de smartphones a nível mudial 4gnews »